sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh apela a ataques na Europa durante o Ramadão

(arquivo)

© Stringer . / Reuters

O grupo extremista Daesh está a apelar aos seus apoiantes para que realizem ataques na Europa durante o sagrado mês do Ramadão, que já começou há duas semanas.

Em gravação áudio divulgada hoje, o porta-voz do Daesh Abu al-Hassan al-Muhajer elogiou os ataques feitos na semana passada na capital iraniana, dizendo que o país está "mais fraco que uma teia de aranha" e apelou à realização de mais ataques.

Al-Muhajer instou também à realização de ataques nos EUA, na Federação Russa e na Austrália, dizendo que "o céu é alcançado sob a sombra das espadas".

O grupo já apelou à realização de ataques durante o Ramadão em outros anos.

Este ano, o Daesh reivindicou os ataques realizados no Reino Unido, Egito, Irão e Filipinas, que provocaram a morte a dezenas de pessoas e ferimentos a centenas de outras.

Lusa

  • Milhares de civis continuam a abandonar Raqqa
    1:10

    Daesh

    Milhares de civis continuam a abandonar Raqqa, o último reduto do Daesh na Síria. Os combates terrestres começaram há uma semana, com o apoio aéreo dos Estados Unidos da América. O ataque a Raqqa acontece em simultâneo com a ofensiva em Mossul, no Iraque.

  • "Ataque terrorista" no centro de Barcelona

    Ataque em Barcelona

    Uma carrinha atropelou várias pessoas esta tarde em Barcelona, Espanha, na área turística de Las Ramblas. A polícia confirma oficialmente um morto e 32 feridos, mas outras fontes asseguram a existência de várias vítimas mortais. As autoridades falam de um "ataque terrorista" e revelaram a foto do suspeito.

    Direto

    SIC

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19