sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Rubio e Cruz divulgam declarações de rendimentos e desafiam Trump a fazer o mesmo

Os senadores norte-americanos Marco Rubio e Ted Cruz, pré-candidatos republicados à presidência do Estado Unidos (EUA), apresentaram hoje publicamente as suas declarações de rendimentos, desafiando o adversário Donald Trump a fazer o mesmo.

LARRY W. SMITH

Marco Rubio divulgou cinco anos de declarações de rendimentos e Ted Cruz revelou quatro anos, sendo que ambos mostram dados agregados, sem apresentar em detalhe o rendimento do agregado familiar, mostrando-se disponíveis para o fazerem mais tarde.

Em comunicado, Marco Rubio, senador pela Florida, disse que os seus pagamentos às Finanças foram equivalentes à percentagem média do que pagaram os norte-americanos com o mesmo nível de rendimentos.

Rubio, com a sua esposa Jeanette Dousdebes Rubio, declarou 2,29 milhões de dólares (cerca de dois milhões de euros) em cinco ano e pagou ao fisco 526.092 dólares (perto de 483.000 euros) por esse rendimento.

A maior parte dos rendimentos de Rubio é proveniente do seu trabalho como senador, na Universidade Internacional da Florida, de trabalhos como representante legal e de receitas com o seu livro "O filho americano".

No caso de Ted Cruz, os seus rendimentos e os da sua esposa Heidi Cruz, executiva do banco Goldman Sachs, totalizaram cinco milhões de dólares entre 2011 e 2014, dos quais pagaram 1,5 milhões em impostos, segundo a declaração conjunta.

Em 2011 e 2012, os anos de maiores rendimentos, o casal Cruz obteve a maioria dos rendimentos através de salários.

Em comunicado, Ted Cruz, senador pelo Texas, afirmou que este é o tempo para Donald Trump parar de se esconder atrás de desculpas. "Sim, está envergonhado pelas suas declarações de rendimentos, é um dever dos eleitores de avaliar esses factos", disse, citado pela agência noticiosa Efe.

O candidato presidencial republicado de 2012, Mitt Romney, disse recentemente que as declarações de rendimentos do magnata Donald Trump serão "uma bomba" assim que forem tornadas públicas.

Esta semana, Donald Trump venceu as eleições primárias do Partido Republicano no Estado do Nevada, com larga vantagem em relação aos rivais Marco Rubio e Ted Cruz.

Trump conseguiu assim a sua terceira vitória consecutiva nos quatros processos eleitorais para a candidatura presidencial realizados até à data, depois de ter vencido as primárias em New Hampshire (09 de fevereiro) e Carolina do Sul (20 de fevereiro).

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Donald Trump culpa imigrantes por ataque que nunca existiu
    1:01
  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.