sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

O recado de Hillary Clinton para Bernie Sanders

Hillary Clinton, candidata democrata à Casa Branca, enviou uma mensagem muito clara ao principal adversário Bernie Sanders. Numa entrevista dada ao canal norte-americano CNN, a antiga primeira-dama deixou claro que para ela o tempo dado a Bernie Sanders é suficiente. Clinton diz que já esteve na posição de Sanders e que soube desistir para o bem do partido. Para a candidata é a vez do senador do Vermont fazer a mesma coisa.

Andrew Harnik

Hillary tem esperado pacientemente que Sanders se renda às realidades matemáticas para resolver de uma vez por todas a nomeação democrata para a corrida à presidência dos Estados Unidos.

"Eu fiz todo o caminho contra o então senador Obama. Ganhei nove das últimas doze votações em 2008. Ganhei no Indiana, no Kentucky e no West Virgínia. Eu sei que nesta altura surgem sentimentos intensos, particularmente porque os nossos apoiantes querem que levemos a corrida até ao final (...) eu estou com cerca de três milhões de votos de avanço em relação a ele, tenho uma vantagem insuperável em número de delegados. Estou confiante. Sabe o que disse ao senador Obama? Na altura disse-lhe que estavamos realmente próximos, muito mais próximos do que eu e o senador Sanders estamos agora, mas disse-lhe que desistia. Eu estive no lugar de Sanders. É chato. Mas eu fiz a coisa certa pelo partido. É o momento dele fazer o mesmo."

A vantagem que de Hillary Cliton tem em número de delegados é realmente grande em relação a Bernie Sanders, consideravelmente maior da que Obama tinha em relação a Clinton há oito anos.

Na mesma entrevista, Hillary Clinton disse ainda que Sanders tem que fazer a sua parte para unificar o partido. A antiga secretária de Estado norte-americana lembrou também que Sanders " disse que iria fazer todos os possíveis para derrotar Donald Trump" e que trabalharia sete dias por semana se fosse preciso." A candidata espera que Sanders "cumpra com a palavra dada".

  • PSOE apresenta moção de censura contra Mariano Rajoy

    Mundo

    O PSOE apresenta hoje uma moção de censura contra o presidente do governo, Mariano Rajoy. A notícia está a ser avançada pelos meios de comunicação social espanhóis. Em causa está a condenação judicial de vários dirigentes do Partido Popular no caso de corrupção, conhecido como "Gurtel".

  • Assembleia-geral do Sporting marcada para 23 de junho
    2:57
  • Congresso do PS começa hoje na Batalha

    País

    O 22.º Congresso do PS começa hoje, na Batalha, distrito de Leiria, e durante o qual o secretário-geral, António Costa, deverá defender uma linha de continuidade estratégica, procurando, em simultâneo, projetar desafios estruturais que se colocam ao país.

  • Pelo menos 50 mortos em naufrágio na RD Congo

    Mundo

    Cinquenta corpos foram resgatados depois que um barco ter naufragado num rio no noroeste da República Democrática do Congo (RDCongo) na quarta-feira, de acordo com um relatório oficial entregue hoje à Agência France Presse (AFP).

  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC