sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Bernie Sanders promete "trabalhar em conjunto" com Hillary contra Trump

O pré-candidato presidencial norte-americano Bernie Sanders recusou-se hoje a desistir da corrida antes do fim das primárias do Partido Democrata, mas disse que em breve se juntará à adversária Hillary Clinton para assegurar unidade partidária contra Donald Trump.

© Gary Cameron / Reuters

"Falei brevemente com a secretária Clinton na terça-feira à noite e felicitei-a pela sua fortíssima campanha", disse Sanders, em tom conciliador após uma reunião de uma hora com o Presidente, Barack Obama, na Casa Branca.

"Aguardo com expectativa o encontro com ela num futuro próximo para ver como haveremos de trabalhar em conjunto para derrotar [o pré-candidato republicano] Donald Trump e criar um Governo que nos represente a todos e não apenas um por cento", declarou.

O senador do Estado do Vermont esteve na Casa Branca para debater como curar feridas abertas no Partido Democrata após uma crispada campanha para as primárias e seguir em conjunto para o confronto iminente com o presumível candidato republicano.

Obama tentou desempenhar o papel de negociador de paz, persuadindo Sanders a reconhecer Clinton como a candidata presidencial do partido.

A própria reunião foi uma manifestação pública de respeito pela campanha rebelde de Sanders.

Os dois homens caminharam lado a lado ao longo da Ala Oeste, ambos rindo a dada altura, com o Presidente a pôr a mão nas costas de Sanders quando abriu a porta para a Sala Oval.

"Penso que Bernie Sanders trouxe uma enorme energia e novas ideias [à campanha] e penso que isso fez de Hillary uma candidata melhor", disse Obama na quarta-feira.

"A minha esperança é que nas próximas duas semanas sejamos capazes de ultrapassar tudo", disse Obama, referindo-se à sua amarga rivalidade de campanha com Hillary Clinton em 2008.

"Com o que acontece nas primárias, fica-se um bocadinho sensível. Toda a gente fica", comentou.

Na terça-feira, Sanders disse aos seus apoiantes: "A luta continua", mesmo depois das vitórias esmagadoras de Hillary na Califórnia e em Nova Jérsia.

Sempre se soube que Obama apoiaria Hillary, a sua ex-secretária de Estado, mas absteve-se, até agora, de fazer qualquer declaração pública de apoio formal.

Sanders agradeceu a Obama, e ao seu vice-presidente, Joe Biden, por não terem feito a balança pesar para um dos lados durante as primárias.

De uma relativa obscuridade, Sanders conquistou 12 milhões dos 27 milhões de votos em jogo na campanha das primárias.

Fê-lo ao conquistar toda uma faixa de jovens eleitores revoltados que deram a Obama a vitória em 2008 e 2012.

Para Hillary, o risco é que Sanders faça melhores jogadas ou se sinta desprezado e continue a sua campanha rebelde.

Alguns apoiantes de Sanders gostariam de que ele se mantivesse na corrida até à convenção do partido em Filadélfia, no próximo mês.

Ele declarou que irá, "é claro, competir nas primárias de [Washington] DC, que se realizam na próxima terça-feira -- são as últimas primárias do processo de nomeação democrata".

Para os mais obstinados apoiantes de Bernie Sanders, Hillary Clinton -- ex-primeira-dama, ex-secretária de Estado e senadora dos Estados Unidos -- é o epítome de um sistema político que falhou ao povo norte-americano.

Lusa

  • "Quem faz isto sabe estudar os dias e o vento para arder o máximo possível"
    4:15
  • O balanço trágico dos incêndios do fim de semana
    0:51

    País

    Mais de 500 mil hectares de área ardida, 42 vítimas mortais, 71 de feridos, dezenas de casas e empresas destruídas. É este o balanço de mais um fim de semana trágico para Portugal a nível de incêndios florestais.

  • 2017: o ano em que mais território português ardeu
    1:41

    País

    Desde janeiro, houve mais área ardida do que em qualquer outro ano na história registada de incêndios florestais. Segundo dados provisórios do Sistema Europeu de Informação sobre Fogos Florestais, mais de 519 mil hectares foram consumidos pelas chamas até 17 de outubro, o que representa quase 6% de toda a área de Portugal. 

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • O que resta de Tondela depois dos incêndios
    1:07

    País

    O concelho de Tondela é agora um mar de cinzas, imagens recolhidas pela SIC com um drone mostram bem a dimensão do que foi destruído pelos incêndios. Perto 100 habitações principais ou secundárias, barracões, oficinas e stands arderam. 

  • Moradores reuniram esforços para salvar idosos das chamas em Pardieiros
    2:50

    País

    O incêndio de domingo em Nelas fez uma vítima mortal: um homem de 50 anos, de Caldas da Felgueira, que regressava de uma aldeia vizinha, onde tinha ido ajudar a combater as chamas. Em Pardieiros, no concelho de Carregal do Sal, várias casas arderam e uma jovem sofreu queimaduras ao fugir do incêndio. Durante o incêndio, pessoas reuniram esforços para salvar a povoação.

  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • As lágrimas do primeiro-ministro do Canadá

    Mundo

    O primeiro-ministro da Canadá, Justin Trudeau, emocionou-se esta quarta-feira ao falar de um artista que morreu depois de perder uma luta contra o cancro. Gord Downie, vocalista da banda de rock canadiana "The Tragically Hip", faleceu esta terça-feira, aos 53 anos, vítima de um tumor cerebral.