sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Trump quer "suspender a imigração" de países que tenham "passado de terrorismo"

O candidato republicano à Casa Branca Donald Trump propôs hoje suspender a imigração proveniente de países envolvidos no passado em atentados contra os Estados Unidos ou os seus aliados.

© Brian Snyder / Reuters

"Quando for eleito, vou suspender a imigração de regiões do mundo com um passado comprovado de terrorismo contra os Estados Unidos, a Europa ou os nossos aliados, até que saibamos exatamente como pôr fim a essas ameaças", declarou num discurso proferido em Manchester, New Hampshire, um dia após o atentado de Orlando que fez 49 mortos.

O multimilionário norte-americano não precisou, contudo, a abrangência ou as condições exatas dessa suspensão da imigração.

O candidato sublinhou que o Presidente norte-americano dispõe do poder de proibir a entrada em território nacional a qualquer categoria de viajantes considerada perigosa para os interesses ou a segurança do país.

Em dezembro último, após os atentados de Paris e de San Bernardino, Califórnia, Donald Trump propôs o encerramento temporário das fronteiras aos muçulmanos.

"Não podemos continuar a deixar entrar milhares e milhares de pessoas no nosso país, muitas das quais pensam da mesma maneira que este assassino selvagem", sustentou, referindo-se ao autor do massacre de Orlando, Omar Mateen, nascido nos Estados Unidos de pais afegãos.

"A única razão pela qual este assassino se encontrava na América é porque nós autorizámos a sua família a vir para cá", frisou.

"A maioria dos princípios do Islão radical é incompatível com os valores e as instituições ocidentais: o Islão radical é anti-mulheres, anti-gay e antiamericanos", insistiu.

Neste discurso, o primeiro que proferiu desde o massacre de Orlando, o republicano deu o tom para os próximos meses, atacando frontalmente a sua adversária democrata, Hillary Clinton, que criticou ao longo de toda a intervenção por ela se ter declarado a favor do acolhimento de mais refugiados sírios.

"Hillary Clinton quer esvaziar os nossos cofres para deixar entrar mais pessoas no país, nomeadamente indivíduos que pregam o ódio contra os nossos cidadãos", disse Trump.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.