sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Músico Alice Cooper anuncia candidatura à Casa Branca

O excêntrico músico Alice Cooper, de 68 anos, anunciou esta segunda-feira a sua candidatura às eleições presidenciais norte-americanas de 8 de novembro, sob o lema "Um homem perturbado para uma época perturbada".

Apesar de os candidatos presidenciais dos principais partidos, Hillary Clinton (democrata) e Donald Trump (republicano), terem elevados níveis de impopularidade, o músico está consciente de que a sua possível eleição é muito improvável, segundo o 'site' da sua campanha.

Prova disso é uma das suas propostas de campanha: colocar no famoso Monte Rushmore -- onde estão esculpidos os rostos de quatro antigos presidentes dos Estados Unidos -- a cara de Lemmy Kilmister, antigo líder do grupo britânico Motorhead que morreu em finais de 2015 vítima de cancro.

A campanha de Alice Cooper, que atua sempre com os olhos pintados de preto, consiste neste momento na venda de produtos associados à sua carreira de músico e na reedição de uma música que compôs em 1972 intitulada "Elected", na altura da reeleição do antigo presidente Richard Nixon.

Alice Cooper, que se assumiu no passado como apolítico, esteve recentemente em Portugal, onde atuou na edição deste ano do Rock in Rio com o grupo Hollywood Vampires.

Um outro músico norte-americano manifestou recentemente as suas ambições presidenciais: o rapper Kanye West, mas para o escrutínio de 2020.

Lusa

  • Negócios do fogo
    22:00

    Reportagem Especial

    Todos os anos, o Estado gasta centenas de milhões de euros para financiar os meios de combate aos incêndios. A reportagem especial da SIC denuncia falta de rigor e clareza em muitos dos negócios.

  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.