sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Fortuna de Trump diminuiu 712 milhões de euros num ano

© Shannon Stapleton / Reuters

A fortuna do candidato republicano à Casa Branca Donald Trump diminuiu 800 milhões de dólares (712 milhões de euros) num ano, situando-se nos 3,7 mil milhões de dólares (3,3 mil milhões de euros), divulgou esta terça-feira a revista Forbes.

Estes valores constam na lista das principais 400 fortunas dos Estados Unidos publicada esta terça-feira pela prestigiada revista norte-americana dedicada a temas económicos.

Segundo a Forbes, o recuo da fortuna de Trump deveu-se à desaceleração do mercado imobiliário em Nova Iorque, o que fez baixar o valor dos bens imobiliários que o magnata possui na sua cidade natal, nomeadamente a famosa Trump Tower (Torre Trump).

O valor patrimonial de outras propriedades detidas por Trump também baixou, como foi o caso de Mar-a-Lago, no Estado da Florida, segundo acrescentou a revista.

A Forbes recordou que, no âmbito da sua candidatura à Presidência dos Estados Unidos, Trump doou sete milhões de dólares (6,2 milhões de euros) à sua campanha e negociou um empréstimo de 48 milhões de dólares (cerca de 42 milhões de euros), valores que são considerados como prejuízos para revista.

No ranking das 400 pessoas mais ricas dos Estados Unidos, o candidato presidencial republicano desce 35 lugares, encontrando-se neste momento na 156.ª posição.

A lista da Forbes é novamente liderada pelo cofundador da Microsoft, Bill Gates, cuja fortuna aumentou de 76 mil milhões de dólares (cerca de 67 mil milhões de euros) para 81 mil milhões de dólares (72 mil milhões de euros) num período de um ano.

Bill Gates lidera este ranking pelo 23.º ano consecutivo.

Mais de 10% das 400 maiores fortunas nos Estados Unidos são de imigrantes, dos quais 14 são mais ricos do que Donald Trump, candidato que tem assumido posições políticas controversas, nomeadamente uma política de imigração muito restrita.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.