sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Justiça alemã investiga ex-presidente da Volkswagen por suspeita de fraude

A procuradoria de Braunschweig, no centro da Alemanha, anunciou hoje que iniciou diligências contra o antigo CEO da Volkswagen Martin Winterkorn por um presumível crime de fraude pela manipulação das emissões de gases poluentes.

© Reuters Photographer / Reuter

"O objetivo das diligências é especialmente a clarificação das responsabilidades", assegurou num comunicado o departamento central para delitos económicos da procuradoria de Braunschweig.

A investigação judicial foi aberta devido a várias denúncias contra o maior fabricante de veículos do mundo, indicou a procuradoria.

Entre as denúncias, assegura o comunicado, encontra-se uma da própria Volkswagen, dirigida contra "desconhecidos".

A procuradoria de Braunschweig já havia indicado na passada quarta-feira que estava a estudar a abertura de diligências contra a Volkswagen, devido à chegada das primeiras denúncias.

As denúncias, na maioria de cidadãos, foram apresentadas depois de terem sido divulgadas as investigações das autoridades norte-americanas, que revelaram a polémica falsificação das medições de emissões perpetrada pela Volkswagen em milhões de veículos.

A investigação decorrerá paralelamente com a aberta pelo Governo alemão, que na semana passada criou uma comissão no seio do Ministério dos Transportes para investigar o caso.

Winterkorn demitiu-se na passada quarta-feira, depois do grupo Volkswagen reconhecer que montou em onze milhões de automóveis um software que identifica quando o veículo está a ser submetido a um teste para que então o motor emita menos gases poluentes e cumpra os limites legais.

Destes 11 milhões de veículos, cinco milhões são da marca Volkswagen e de outras marcas do grupo e cerca de 2,8 milhões foram vendidos na Alemanha.

O novo presidente do maior fabricante de automóveis do mundo, Matthias Müller, assegurou numa carta enviada aos cerca de 600.000 empregados do grupo em todo o mundo que vai clarificar completamente o sucedido sobre a manipulação das emissões de gases poluentes.

O grupo também anunciou no sábado que prevê reparar em breve e gratuitamente esta manipulação em todos os veículos atingidos, modelos diesel comercializados ao longo de anos em múltiplos países.

Lusa

  • CDS quer que Governo revele detalhes do negócio do Novo Banco
    0:46

    Economia

    O CDS considera fundamental que o Governo revele os detalhes do negócio do Novo Banco para que pare com a especulação. Os centristas guardam uma posição política para depois de serem conhecidos os pormenores e lembram, mais uma vez, que o Executivo tem uma maioria parlamentar de Esquerda que o apoia.

  • ASAE faz doação de roupa apreendida
    1:15

    País

    A ASAE doou cerca de 200 peças de vestuário à Associação CAIS, apreendidas em ações de fiscalização. O valor destas peças é de quase 10 mil euros. Em 2016, a ASAE fez 100 ações de doação, um total de aproximadamente 14 mil peças.

  • PSD tem dúvidas sobre legalidade da taxa de proteção civil de Lisboa
    0:33

    País

    O PSD disse esta quarta-feira que a taxa de proteção civil da Câmara de Lisboa é um imposto e tem dúvidas sobre a legalidade. Numa reação ao envio deste diploma para o Tribunal Constitucional pelo Provedor de Justiça, os sociais-democratas deixaram ainda a promessa de acabar com a taxa, caso vençam as eleições na capital.

  • Conheça o Spa para recém-nascidos
    1:28

    Mundo

    Chama-se Baby Spa Perth e fica na Austrália. Nos últimos dias, o mundo ficou a conhecer este spa graças às fotografias dos bebés com as boias, que se tornaram virais nas redes sociais. O spa tem hidroterapia personalizada e massagens relaxantes. A boia, Bubby, permite que os bebés possam flutuar na água, sozinhos e em segurança.

    Patrícia Almeida

  • A rã que brilha no escuro
    2:08

    Mundo

    É a última descoberta do reino animal. Foi encontrada acidentalmente na Argentina uma nova espécie de rã, fluorescente.