sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Volkswagen vendeu 1,8 milhões de veículos utilitários adulterados

A Volkswagen vendeu 1,8 milhões de veículos utilitários equipados com o software que falsifica os resultados dos testes antipoluição, confirmou hoje um porta-voz deste departamento do construtor alemão, citado pela AFP.

reuters

"Dos 11 milhões de veículos diesel manipulados vendidos no total, 1,8 milhões são utilitários", declarou Günther Scherelis, diretor da comunicação da Divisão de Utilitários do grupo, confirmando uma informação da imprensa regional.

A Volkswagen admitiu na semana passada que equipou 11 milhões de veículos em todo o mundo com um 'software' com capacidade para falsificar os resultados dos testes antipoluição.

O grupo - que possui 12 marcas de automóveis, pesados e motociclos - tem divulgado a conta-gotas por marcas e países os números dos veículos equipados com o referido software.

A adulteração envolve cinco milhões de automóveis da marca Volkswagen (VW), 2,1 milhões do modelo de alta gama berline da Audi e 1,2 milhões de Skoda.

Com os 1,8 milhões de utilitários anunciados hoje, faltam cerca de 900.000 unidades adulteradas com o 'software', dos quais um determinado número devem ser da marca espanhola Seat.

Além da Alemanha, com 2,8 milhões de veículos, e dos Estados Unidos, onde rebentou o escândalo, com cerca de 500.000 unidades, os números de veículos adulterados por países ainda não são conhecidos.

Na Alemanha, a Volkswagen foi intimada pelo Governo para apresentar até 7 de outubro um roteiro e um calendário para chamar os proprietários dos veículos adulterados e para os equipar conforme as normas.

"Durante o fim de semana um grupo de trabalho elaborou um plano de ação de grande escala", declarou o novo chefe da Volkswagen, Matthias Muller, durante um encontro na segunda-feira à noite com os quadros dirigentes da empresa.

Estas declarações de Muller foram divulgadas hoje de manhã à imprensa.

  • Queda de avioneta em Espanha causa 4 mortos

    Mundo

    Uma avioneta com destino a Cascais, em que seguia uma família de quatro pessoas - dois adultos e dois menores - caiu em Sotillo de las Palomas, em Toledo, Espanha.

    Em desenvolvimento

  • Um discurso histórico com os pedidos de sempre
    2:30

    País

    Jerónimo de Sousa voltou este domingo a pedir a renegociação da dívida e a saída de Portugal do euro. Num discurso historicamente curto, apenas 15 minutos, no encerramento do Congresso do PCP, o reeleito secretário-geral comunista anunciou que o aumento dos salários e a reversão das alterações à legislação laboral são duas prioridades para os próximos tempos.

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.