sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Portugueses já podem saber se foram afetados pelo escândalo da Volkswagen

A SIVA, representante em Portugal das marcas Volkswagen, Audi e Skoda, anunciou hoje que os clientes da Volkswagen já podem consultar se o seu carro foi ou não afetado pelo dispositivo que falseia as emissões de gases poluentes

Markus Schreiber

Em comunicado, a SIVA refere que os "clientes da Volkswagen em Portugal já podem consultar, no 'site' da marca, informação sobre o seu veículo e ficar a saber se ele foi afetado pelo 'software' que causa discrepâncias nas emissões de óxido do azoto (NOx) durante os testes de dinamómetro".

A partir de hoje, a Volkswagen AG torna disponível a informação relativa aos veículos afetados, pelo que a SIVA aconselha os clientes a "inserir o número do chassis do veículo na plataforma criada no 'site' www.volkswagen.pt" ou a contactar a marca através dos telefone 808308989 ou pelo endereço de 'email' apoio.clientes@siva.pt.

O comunicado adianta que "os problemas reconhecidos não afetam a segurança dos veículos em causa nem representam qualquer perigo para a sua circulação".

Sobre as duas outras marcas, a Audi e a Skoda, o comunicado é omisso.

A 18 se setembro, a Agência de Proteção do Meio Ambiente dos Estados Unidos acusou a Volkswagen de falsear o desempenho dos motores em termos de emissões de gases poluentes através de um 'software' incorporado no veículo.

Dois dias depois, a Volkswagen reconheceu ter falseado os dados e anunciou que 11 milhões de veículos do grupo em todo o mundo têm equipamento que permite alterar o desempenho dos motores em termos de emissões para a atmosfera, um escândalo que levou à demissão do presidente executivo do grupo, Martin Winterkorn, substituído por Matthias Mueller.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.