sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Vendas da Volkswagen recuam 3,5% em outubro

As vendas do grupo Volkswagen recuaram 3,5% em outubro, um número divulgado hoje e que reflete os primeiros efeitos do escândalo da manipulação de emissões poluentes e também a conjuntura difícil em vários mercados.

© Suzanne Plunkett / Reuters

O grupo, que reúne 12 marcas, vendeu 831.300 viaturas no mês passado, 3,5% menos do que em outubro de 2014, segundo um comunicado.

A Volkswagen (VW), a marca mais importante em volume, registou um recuo de 5,3% em outubro, ficando em 490 mil.

"A marca VW vive tempos difíceis", reconheceu em comunicado Jürgen Stackmann, membro da administração da filial.

"De um lado enfrentamos os problemas do diesel e do CO2 [emissões poluentes], do outro há a situação tensa nos mercados mundiais", apontou.

O Brasil e a Rússia são dois pontos negros para o grupo devido à crise económica.

Na Europa Ocidental, as vendas da VW registaram um recuo de 1,3%, depois de serem retirados vários modelos afetados pelo escândalo dos motores a diesel com um dispositivo para manipular as emissões poluentes. A nível do grupo, o recuo foi de 1,2% nesta região.

Entre janeiro e outubro, o grupo vendeu 8,26 milhões de veículos no mundo, menos 1,7% do que no mesmo período do ano passado.

Lusa

  • Queixas sobre comércio online dispararam em 2017

    Economia

    A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco) recebeu 1.642 reclamações sobre compras feita pela internet em 2017, numa média de quatro queixas por dia, número que sobe para 8.538 no caso da rede social Portal da Queixa.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Mais de 60% dos jovens não usam preservativo
    1:42
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52