sicnot

Perfil

Euro 2016

Euro 2016

Euro 2016

Portugal defronta Inglaterra no segundo teste para a fase final

A seleção portuguesa de futebol realiza hoje um particular com a Inglaterra, em Londres, naquele que será, à partida, o teste mais complicado antes da fase final do Euro2016, que arranca em França a 10 de junho.

Seleção Nacional durante o treino no estádio de Wembley em Inglaterra.

Seleção Nacional durante o treino no estádio de Wembley em Inglaterra.

© Reuters Staff / Reuters

Depois do triunfo sobre a Noruega (3-0) no último domingo, no Porto, Portugal volta a entrar em campo, desta vez no Estádio de Wembley e perante um adversário que vai também vai estar no Europeu, depois de ter realizado uma fase de qualificação totalmente vitoriosa.

Pepe e Cristiano Ronaldo, que só juntam à comitiva lusa no domingo, são ausências certas, mas desta vez o selecionador Fernando Santos poderá contar com Nani e Bruno Alves.

Caso seja opção, Nani vai somar a sua 95.ª internacionalização e tornar-se no quarto futebolista com mais jogos pela seleção nacional, ultrapassando Rui Costa.

O encontro está agendado para as 19:45 e terá arbitragem do italiano Marco Guida.

Ainda antes de viajar para França, Portugal defronta a Estónia, a 08 de junho, no Estádio da Luz.

No Euro2016, a seleção nacional vai disputar o grupo F com Islândia, Áustria e Hungria.

Lusa

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.