sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Aeroporto de Zaventem vai continuar fechado amanhã

O aeroporto internacional de Bruxelas-Zaventem, hoje palco de um atentado terrorista, vai continuar fechado na quarta-feira, anunciou o presidente da sociedade gestora Brussels Airport, Arnaud Feist.

"O aeroporto vai continuar fechado até quarta-feira inclusive", de acordo com a conta da Brussels Airport na rede social Twitter, citando Feist.

"Estamos a estudar a reabertura do aeroporto na quinta-feira", acrescentou Feist na mensagem.

Mais de 500 voos foram hoje cancelados em Zaventem e pelo menos 32 foram desviados para aeroportos regionais belgas (Liège, Ostende, Charleroi e Antuérpia) e internacionais próximos, como Lille (França) e Beek (Holanda), de acordo com a Belgocontrol, organismo que regula a navegação aérea civil na Bélgica e no Luxemburgo.

Pelo menos 14 pessoas morreram e 35 ficaram feridas quando duas bombas explodiram esta manhã na zona de 'check-in' do aeroporto de Zaventem.

De acordo com o procurador federal belga, Frédéric De Leeuw, pelo menos uma das explosões foi desencadeada por um terrorista suicida.

Bruxelas foi hoje alvo de dois atentados, um no aeroporto e outro numa estação de metro do centro da cidade.

Segundo o mais recente balanço provisório das autoridades, 34 pessoas morreram e perto de 200 ficaram feridas nos dois ataques.

O nível de alerta terrorista na Bélgica foi elevado para quatro, o máximo da escala.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47