sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas

Selecionador belga preferia jogar contra Portugal em Bruxelas

Marc Wilmots, selecionador de futebol da Bélgica, disse esta quarta-feira que teria preferido disputar o particular de terça-feira contra Portugal em Bruxelas, como inicialmente previsto, e que não tem "medo do terrorismo".

© Yiannis Kourtoglou / Reuters

"Queria jogar em Bruxelas, em casa, porque sou contra o medo. Devemos continuar a viver, mas respeito as decisões das autoridades", comentou na capital belga o treinador, referindo-se à inversão do papel de anfitrião, que passa para Portugal, em Leiria.

A reação de Wilmots acontece um dia depois dos atentados ocorridos em Bruxelas, que provocaram 31 mortos e 270 feridos, situação que levou a federação de futebol belga a anular o jogo e aceitar a proposta portuguesa de jogar sim em Leiria, na data inicialmente prevista.

"Eu queria jogar aqui, para mostrar aos terroristas que mesmo que acontecimentos terríveis afetem o país a vida retoma o seu ritmo depressa, para a maioria das pessoas. Para mostrar que não temos medo e que não vamos mudar a nossa forma de viver", insistiu Wilmots.

O selecionador belga, de qualquer modo, fez questão de agradecer à Federação Portuguesa de Futebol "organizar em poucos dias o que normalmente leva meses a montar".

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".