sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Célula responsável pelos atentados de Bruxelas preparava novo atentado em Paris

Célula responsável pelos atentados de Bruxelas preparava novo atentado em Paris

Na Bélgica após as detenções de dois suspeitos de terrorismo, as autoridades confirmam que a célula responsável pelo atentado de Março em Bruxelas estava a preparar um novo atentado em Paris. Autoridades dizem que detenções de principais membros de célula terrorista terão precipitado ataques na Bélgica. A Bélgica mantém o segundo nível mais elevado de alerta terrorista devido a eventuais retaliações.

  • Procurador confirma cinco detidos em Bruxelas
    1:22

    Atentados em Bruxelas

    No âmbito das investigações aos atentados de Paris e de Bruxelas o procurador belga adiantou que cinco pessoas foram detidas em Bruxelas. Entre os detidos estão Mohamed Abrini e Osama Kraime. No entanto, o papel que tiveram nos atentados terroristas, em particular se se trata do "homem do chapéu" e do atacante da estação de metro, só o prosseguir da investigação poderá apurar.

  • Procurador belga confirma detenção de suspeito de ataques em Paris
    1:54

    Mundo

    O procurador de Bruxelas confirmou que um dos detidos na operação antiterrorista de ontem é Mohamed Abrini, suspeito dos ataques de Paris e que é provavelmente o famoso homem do chapéu dos atentados de Bruxelas.O momento da detenção de Mohamed Abrini foi filmado e testemunhado por moradores da rua onde decorreu a operação. Quem presenciou o momento em que o terrorista foi apanhado diz que este andava calmamente no passeio quando a polícia se atravessou no caminho.

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • Parlamento debate uso de animais no circo: as posições do PCP, Bloco e PAN
    2:03
  • ONU analisa proposta do Egito que visa anular decisão de Trump sobre Jerusalém
    1:27

    Mundo

    O Conselho de Segurança das Nações Unidas está a analisar um projeto de resolução que pretende rejeitar a decisão de Donald Trump de reconhecer Jerusalém como capital oficial de Israel. O projeto de resolução, proposto pelo Egito, deverá ser votado amanhã mas vai, seguramente, contar com o voto contra dos Estados Unidos.