sicnot

Perfil

Festivais de Verão

Banda do Mar conversou com a SIC antes do concerto no SBSR

Banda do Mar conversou com a SIC antes do concerto no SBSR

Os Banda do Mar foram um dos nomes que atuaram na edição deste ano do Super Bock Super Rock. A banda, composta por dois brasileiros e um português, deu o concerto no Palco EDP e cantaram temas seus, mas também das carreiras de Marcelo Camelo e Mallu Magalhães e falaram com a SIC antes do espetáculo.

  • Sting levou 18 mil pessoas ao Super Bock Super Rock
    2:12

    Cultura

    Cerca de 18 mil pessoas estiveram, esta quinta-feira, na primeira noite do festival Super Bock Super Rock. Sting foi o cabeça de cartaz e recordou os maiores êxitos dos 44 anos de carreira. A repórter da SIC, Cristiana Reis, constatou as reações dos músicos dos Deolinda, Ana Bacalhau e Zé Pedro, ao concerto do cantor britânico.

  • Benjamin Clementine, da vida nas ruas aos grandes palcos
    2:50

    Cultura

    Uma das estreias mais aguardadas desta edição do Super Bock Super Rock foi Benjamin Clementine. Dono de uma voz e de uma poética únicas, o músico inglês deu-se a conhecer ao público português. O músico inglês chegou a viver nas ruas antes de ser descoberto em Paris.

  • O que há no SBSR para além da música
    2:17

    Cultura

    Passar três dias a ver concertos pode ser um pouco esgotante. No recinto do festival Super Bock Super Rock há contudo actividades lúdicas, disponibilizadas pelas várias marcas presentes, que permitem relaxar - ou não - do "stress" musical.

  • A menina síria que relata a guerra no Twitter está bem, diz o pai

    Mundo

    Bana Alabed, a menina síria de 7 anos que conta no Twitter a luta pela sobrevivência e os horrores da guerra em Alepo, teve de abandonar a sua casa que foi bombardeada mas está bem, disse hoje o seu pai à Agência France Press. A conta esteve fechada domingo, mas foi entretanto reativada e tem hoje uma nova publicação de Bana.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.