sicnot

Perfil

Festivais de Verão

Festivais de Verão

Festivais de Verão

Festival Marés Vivas espera 90 mil pessoas e tem já segundo dia "praticamente esgotado"

O festival Marés Vivas, que decorre entre os dias 14 e 16 de julho, junto à Praia do Cabedelo, em Vila Nova de Gaia, espera receber 90 mil pessoas, tendo já no segundo dia lotação "praticamente esgotada".

JOSE COELHO

"À semelhança do ano passado, vamos esgotar os três dias, julgo que este fim de semana os bilhetes ficarão todos vendidos, até porque o dia 15 de julho já só tem 70 disponíveis", disse hoje o diretor da PEV Entertainment -- promotora do festival -- Jorge Lopes, em conferência de imprensa.

A 14.ª edição do Marés Vivas contará com as atuações, no palco principal, de Elton John, Kelis, D.A.M.A., Foy Vance, James Bay, Jimmy P, Kodaline, Lost Frequencies, James, Rui Veloso, Tom Odell, Dengaz e Beth Orton.

Jorge Lopes recordou que, além do palco principal, o festival tem ainda mais três palcos, sendo o cartaz "apelativo e de grande qualidade", daí esperar o "habitual sucesso".

Em termos de funcionamento, o diretor da PEV Entertainment realçou que o festival será nos moldes do ano passado, mas com a novidade do palco comédia, que em 2015 estava num coreto na zona alimentar, ter um espaço próprio.

Revelando que há surpresas preparadas para o público, Jorge Silva salientou que o Marés Vivas não pode crescer mais porque o espaço não permite.

"Contudo, é um grande festival, que atrai muita gente e que projeta o Norte de Portugal, especialmente Vila Nova de Gaia", entendeu.

Já o presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, frisou a "aposta de sucesso" que é o festival, adiantando já ser "muito complicado" encontrar quartos disponíveis no concelho.

"Todos os anos, a organização promove um estudo independente quanto aos impactos sociais e económicos, sendo notório que atraí cada vez mais pessoas e tem benefícios claros para Vila Nova de Gaia", salientou.

No final de 2015, a autarquia divulgou que o festival de verão teria de mudar de local, escolhendo um novo espaço junto à reserva do Estuário do Douro o que motivou críticas de ambientalistas e a apresentação de duas providências cautelares pela Quercus.

Também a Campo Aberto e o partido PAN se juntaram ao coro de críticas dos ambientalistas.

"O Município de Vila Nova de Gaia ganhou três ações judiciais, portanto, estamos de consciência tranquila e com a certeza que os procedimentos foram todos corretos", ressalvou Eduardo Vítor Rodrigues.

Com um investimento de 225 mil euros, o autarca traçou o objetivo de manter este festival como o "principal festival do Norte".

E acrescentou: "é um festival com projeção além-fronteiras, o que é muito bom, e com uma imagem cada vez mais afirmada".

Presente na conferência, o rapper Jimmy P, natural de Gaia, que irá atuar no Marés Vivas a 15 de julho, espera um "grande e bom ambiente".

No mesmo dia sobe ao palco Dengaz, outro rapper português, que admitiu estar "com muitas expectativas" quanto à "energia do público".

Lusa

  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35
  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • Fui contactado por um espectador do “Contas-Poupança” (quartas-feiras, Jornal da Noite, SIC) e leitor do blogue www.contaspoupanca.pt, que foi surpreendido com uma carta do banco a aumentar o spread porque um dos serviços que tinha subscrito tinha sido extinguido. Neste caso específico, a domiciliação de ordenado. Ora, o cliente ficou estupefacto porque não mudou de empresa, não foi despedido nem tinha havido nenhuma alteração no recebimento do ordenado naquela conta.

    Pedro Andersson

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Temer acusado de prejudicar Polícia Federal
    2:36
  • Violência volta às favelas do Rio de Janeiro
    3:21

    Mundo

    As favelas do Rio de Janeiro voltaram aos níveis de violência dos anos 90. A cidade de Deus foi uma das favelas pacificadas que voltou a registar tiroteios diariamente, os moradores falam de situações de trauma e do medo das crianças.

  • Trump interrompe telefonema para elogiar jornalista

    Mundo

    A jornalista irlandesa Caitriona Perry viu-se esta terça-feira envolvida num momento que a própria classificou de "bizarro": um encontro inesperado com Donald Trump, que interrompeu um telefonema com o primeiro-ministro irlandês para... a elogiar.

    SIC

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.

  • Companhia aérea obriga deficiente físico a entrar no avião sem ajuda

    Mundo

    Um homem com uma deficiência física que o obriga a andar numa cadeira de rodas foi obrigado a subir sozinho as escadas de um avião da companhia aérea Vanilla Air. Hideto Kijima deparou-se com a situação quando estava a embarcar da ilha de Amami para Osaka, no Japão, com vários amigos que foram proibidos de o ajudar.

  • De onde vem o dinheiro de Isabel II?

    Mundo

    A rainha Isabel II vai ser aumentada - pelo exercício das suas funções -, em 2018, para 82,2 milhões de libras (93,5 milhões de euros). Este valor é pago pelo Estado britânico. Contudo, esta não é a única fonte de rendimento da rainha de Inglaterra. Isabel II também recebe pelas terras, casas e empresas que tem espalhadas pelo Reino Unido.

  • Cão corre os EUA a entregar águas aos árbitros em jogos de basebol
    0:20