sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Romário considera "vergonhoso" apoio de Pelé a Blatter

Romário de Souza Farías, lenda do futebol brasileiro e atualmente senador, classificou esta terça-feira de "vergonhoso" o apoio de Pelé ao presidente da FIFA, Joseph Blatter, manifestado em pleno escândalo de corrupção no organismo.

"Pelé calado é um poeta", disse Romário, em declarações tornadas públicas no portal UOL, recuperando uma frase que ele mesmo utilizou há anos, em polémica com Pelé. "Lamentavelmente, essa frase tem de ser repetida. Ele não pode estar de acordo com o quinto mandato de Blatter, quando mais que nunca se demonstra que a FIFA é corrupta". (Arquivo)

"Pelé calado é um poeta", disse Romário, em declarações tornadas públicas no portal UOL, recuperando uma frase que ele mesmo utilizou há anos, em polémica com Pelé. "Lamentavelmente, essa frase tem de ser repetida. Ele não pode estar de acordo com o quinto mandato de Blatter, quando mais que nunca se demonstra que a FIFA é corrupta". (Arquivo)

Victor R. Caivano / AP

"Pelé calado é um poeta", disse Romário, em declarações tornadas públicas no portal UOL, recuperando uma frase que ele mesmo utilizou há anos, em polémica com Pelé. "Lamentavelmente, essa frase tem de ser repetida. Ele não pode estar de acordo com o quinto mandato de Blatter, quando mais que nunca se demonstra que a FIFA é corrupta".

A reeleição de Blatter, dois dias depois de sete dirigentes da FIFA terem sido detidos no âmbito de uma investigação de corrupção, foi considerado por Pelé como vantajosa, por "ser melhor ter gente com experiência" para enfrentar a crise. 

Romário adverte que "a investigação ainda não acabou e muitas coisas se podem passar", incluindo a detenção do próprio Blatter. 

Entretanto, Romário pediu ao Senado do Brasil uma investigação parlamentar sobre os negócios do futebol no Brasil, nomeadamente atendendo à implicação no processo de José Maria Marín, antigo presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A investigação deverá abarcar não só a Taça e o Campeonato do Brasil mas também Taça das Confederações de 2013 e o Mundial de 2014, que tiveram por palco o Brasil.
Lusa
  • Isto não é não jornalismo. Por Ricardo Costa

    Opinião

    Uma das decisões mais banais e corriqueiras do jornalismo assenta nas escolhas que se fazem no dia a dia. Que temas se abordam, que destaque se dá a este ou aquele assunto, que ângulos de abordagem se usam. São opções condicionadas por uma série de fatores - que vão do interesse e da novidade até questões tão básicas como o haver ou não jornalistas com tempo, meios e conhecimentos para o fazerem -, que estão e estarão na base de qualquer dia de trabalho numa redação.

    Ricardo Costa

  • Bruxelas multa Altice em 125 M€ devido à compra da PT

    Economia

    Os Serviços da Concorrência da Comissão Europeia decidiram multar a Altice em 125 milhões de euros no âmbito da compra da PT Portugal. Bruxelas avançou com a multa à Altice por ter começado a gerir a PT antes do negócio ter sido aprovado pela Comissão Europeia.

  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.