sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Blatter "persona non grata" no Mundial sub-20

O diretor executivo da Federação de Futebol da Nova Zelândia diz que Joseph Blatter não é bem vindo no Mundial Sub-20. Está prevista a presença do antigo presidente da FIFA na final do campeonato, marcada para 20 de junho. Andy Martin diz que não tem confirmação mas que espera que Blatter não apareça.  

© Arnd Wiegmann / Reuters

O diretor da Federação de Futebol da Nova Zelândia acrescentou ainda que a presença de Blatter iria desviar as atenções do evento para aquilo que considerou ser "um evento paralelo". Recorde-se que a Federação neozelandesa de futebol também não apoiou a candidatura de Blatter para a presidência da FIFA, nas eleições de sexta-feira em Zurique. 


O suíço Joseph Blatter demitiu-se ontem da presidência da FIFA, na sequência do escândalo de corrupção que abala o organismo máximo do futebol, e anunciou a marcação de um congresso extraordinário para eleição de um sucessor. 


Blatter anunciou a sua saída quatro dias após a sua reeleição para um quinto mandato na presidência da FIFA, que aconteceu já depois da detenção de sete dirigentes do organismo, na quarta-feira. 

O dirigente suíço, de 79 anos, ocupava o cargo desde 1998 e já disse que não se recandidata. 

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.