sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Zico garante que vai avançar com candidatura à presidência da FIFA

Zico, uma das maiores figuras do futebol brasileiro, confirmou na quarta-feira a intenção de se candidatar à presidência da FIFA, numa entrevista à edição eletrónica do jornal O Globo.

Felipe Dana

"Vou candidatar-me. Agora temos de esperar como as coisas vão acontecer [processo eleitoral]", disse Zico, salientando os apoios que recebeu depois de, numa mensagem na rede social facebook, ter lançado a ideia de tentar suceder ao suíço Joseph Blatter, que se demitiu na terça-feira.

Acreditando que haverá "uma nova mentalidade" após a saída de Blatter, o selecionador do Japão diz, contudo, não contar com o apoio da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

"Vamos esperar pelas regras do jogo para saber o que necessito fazer, mas quero mostrar às pessoas o que posso oferecer. Se só puder mandar cartas, porque os recursos só dão para isso, então fá-lo-ei. Até posso fazer [campanha eleitoral] por mensagens do watsapp", disse.

O ex-futebolista lembrou a sua experiência dentro do campo, mas também como ministro do Desporto no governo de Fernando Collor de Mello (1990-1992) e como dirigente no Brasil e no Japão.

Sobre a possibilidade de enfrentar o amigo Michel Platini, presidente da UEFA, Zico disse que ainda não falou com o francês, mas não descartou enfrentá-lo, nem uma possível aliança.

Joseph Blatter demitiu-se na terça-feira da presidência da FIFA, na sequência do escândalo de corrupção que abala o organismo máximo do futebol, e anunciou a marcação de um congresso extraordinário para eleição de um sucessor.

O suíço anunciou a sua saída apenas quatro dias após a sua reeleição para um quinto mandato na presidência da FIFA, que aconteceu já depois da detenção de sete dirigentes do organismo.

O dirigente, de 79 anos de idade, que ocupava o cargo desde 1998, afirmou que não também se vai recandidatar ao lugar.

Lusa
  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Terra volta a termer no México

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6,2, na escala de Richter, foi registado às 05h30, hora local, 23h30, em Lisboa. Até ao momento não há registo de vítimas ou danos materiais.

  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04

    Mundo

    O Presidente francês volta hoje a ser alvo de manifestações contra a reforma laboral. Os protestos foram organizados por Jean Luc Melenchon, o candidato da extrema-esquerda que concorreu contra Macron.

  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.