sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Suíça aprova extradição de Eduardo Li para os EUA

O Ministério da Justiça da Suíça aprovou a extradição para os Estados Unidos do costa-riquenho Eduardo Li, um dos dirigentes da FIFA detidos em maio, quando eclodiu uma crise sem precedentes no organismo que rege o futebol.

"O departamento federal de justiça (FoJ) aprovou a extradição de Eduardo Li para os Estados Unidos. O cidadão costa-riquenho tem 30 dias para recorrer para o Tribunal Criminal Federal Suíço da decisão do FoJ", lê-se no comunicado do Ministério da Justiça judicial helvético.

Li, antigo presidente da federação de futebol da Costa Rica, foi detido a 27 de maio, em Zurique, na sequência de uma investigação das entidades norte-americanas sobre a venda de direitos de transmissão de jogos de futebol.

As detenções decorreram da colaboração entre as instâncias judiciais suíças e a procuradoria de Nova Iorque, sob acusação de terem aceitado subornos e comissões desde os anos 90, a troca de favores.

Nesse mesmo dia, o Ministério Público da Suíça suíço abriu uma investigação a alegados atos de corrupção nas eleições das sedes para os Mundiais de 2018 (na Rússia) e 2022 (no Qatar).

A FIFA foi abalada por este escândalo de corrupção em maio, a dois dias da reeleição de Joseph Blatter para a presidência do organismo, no processo aberto pela justiça dos Estados Unidos e que levou a acusações a 14 pessoas, nove das quais dirigentes da FIFA e quatro empresários, ligados à área do 'marketing' desportivo.

O príncipe jordano Ali bin Al Hussein, antigo vice-presidente da FIFA, o francês Michel Platini, presidente da UEFA, o sul-coreano Chung Mong-Joon, também antigo vice-presidente da FIFA, e o ex-futebolista brasileiro Zico já anunciaram que são candidatos à sucessão de Blatter.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.