sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Comité de Apelo da FIFA rejeita recursos de Blatter e Platini

O Comité de Apelo da FIFA, presidido por Larry Mussenden, rejeitou hoje os recursos de Joseph Blatter e Michel Platini e confirmou, na totalidade, as suspensões impostas pelo Comité de Ética do organismo do futebol mundial.

O comunicado da ECA surge após as recentes suspensões do presidente da FIFA, Joseph Blatter, do vice-presidente Michel Platini (ambos na imagem) (que também é presidente da UEFA) e do secretário-geral, Jerôme Valcke. (Arquivo)

O comunicado da ECA surge após as recentes suspensões do presidente da FIFA, Joseph Blatter, do vice-presidente Michel Platini (ambos na imagem) (que também é presidente da UEFA) e do secretário-geral, Jerôme Valcke. (Arquivo)

© Ruben Sprich / Reuters

"O Comité de apelo da FIFA rejeita o recurso, na totalidade, e confirma a integridade da decisão respeitante a medidas provisórias tomadas pelo Comité de Ética a 07 de outubro de 2015", começa por referir, em comunicado, a FIFA em relação a Joseph Blatter.

Em relação a Platini, o Comité de Apelo salienta igualmente a rejeição do recurso apresentado, da decisão tomada a 07 de outubro e confirmada, posteriormente, a 20, depois de ter sido ouvida a parte interessada.

Esta decisão surge após os recursos apresentados pelo presidente demissionário da FIFA e pelo francês Michel Platini, da UEFA, que foram suspensos provisoriamente por 90 dias, em consequência do escândalo de corrupção na instituição.

Na ocasião, o secretário-geral da FIFA, o francês Jérôme Valcke, também foi suspenso provisoriamente por 90 dias.

A FIFA mantém as suspensões provisórias de Blatter e Platini, mas esclarece que os procedimentos do Comité de Ética irão prosseguir, o que significa que as suspensões podem ainda ser revogadas ou confirmadas.

"As decisões tomadas pelo Comité de Apelo da FIFA foram comunicadas hoje ao senhor Blatter e senhor Platini", refere ainda o comunicado, acrescentando que as mesmas são passíveis de recurso para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS).

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.