sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Clientes abandonam Novo Banco de Leiria após chegada da PSP

Os clientes lesados em papel comercial do Banco Espírito Santo (BES) abandonaram ordeiramente a segunda agência do Novo Banco, que tinham invadido hoje à tarde, após a chegada da PSP.

PAULO CUNHA

Passavam cerca de nove minutos das 15:00, quando o gerente da agência do Novo Banco, junto às piscinas municipais de Leiria, pediu aos manifestantes para saírem do espaço, porque estava na hora de encerramento.

Os clientes recusaram abandonar o local, voltando a exigir o pagamento do seu dinheiro. Meia hora depois, um agente da PSP de Leiria entrou na dependência bancária e falou com os manifestantes, explicando-lhes que se não saíssem iriam incorrer "num crime de desobediência".

Após alguma contestação, os manifestantes foram abandonando o espaço. "Já nos fizemos ouvir, agora saímos ordeiramente", anunciou um dos organizadores. 

Às 15:37 os manifestantes já estavam na rua, prometendo continuar a luta.

Hoje de manhã, cerca de 30 pessoas invadiram as instalações do Novo Banco em Leiria, reclamando os seus direitos e exigindo o dinheiro investido em papel comercial no BES, instituição que veio dar lugar ao Novo Banco.

Perto das 14 horas, o grupo dirigiu-se para outro balcão do mesmo banco, a cerca de 500 metros do primeiro local de protesto.

A 03 de agosto de 2014, o Banco de Portugal tomou o controlo do BES, após a apresentação de prejuízos semestrais de 3,6 mil milhões de euros, e anunciou a separação da instituição em duas entidades: o chamado banco mau (um veículo que mantém o nome BES e que concentra os ativos e passivos tóxicos do BES, assim como os acionistas) e o banco de transição que foi designado Novo Banco.



Lusa
  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.