sicnot

Perfil

Queda do BES

Protesto de lesados do BES derruba gradeamento, PSP responde com cordão

Protesto de lesados do BES derruba gradeamento, PSP responde com cordão

Dezenas de clientes que subscreveram papel comercial do Grupo Espírito Santo (GES) estão hoje a manifestar-se em frente ao Centro de Congressos de Lisboa exigindo o dinheiro investido em papel comercial no BES. A certa altura, os manifestantes derrubaram a proteção metálica, o que obrigou a polícia a fazer um cordão de segurança. derrubaram hoje a proteção metálica, o que obrigou a polícia a fazer um cordão de segurança.

Pelas 12:00, os ânimos exaltaram-se entre as dezenas de clientes que subscreveram papel comercial do GES em protesto, em frente ao Centro de Congressos de Lisboa, na Junqueira, exigindo o dinheiro investido em papel comercial no BES. 

Os manifestantes derrubaram as grades de ferro que isolavam o parque de estacionamento, onde se manifestam, e os impediam de chegar ao Centro de Congressos de Lisboa, o que levou a PSP a fazer um cordão de segurança e a reforçar a sua presença no local. 

O protesto estava marcado para as 11:30, mas os manifestantes começaram a chegar mais cedo, empunhando cartazes com frases como "E agora, como explico ao meu filho que deve poupar?", "A Presidência da República defende os gatunos do sistema financeiro, quem defende os portugueses?" e "Carlos Costa, amigo de Salgado". 


Com Lusa
  • "Joguem à bola"
    1:35

    Desporto

    Cerca de uma centena de adeptos do Sporting esperaram até perto das 3:00 pela chegada da equipa ao estádio de Alvalade. Depois da eliminação da Taça de Portugal, em Chaves, foi necessário o reforço policial para garantir a segurança da comitiva leonina.

  • Acordo de concertação social assinado por todos os parceiros

    Economia

    Está assinado o acordo da Concertação Social que estipula a descida da TSU para as empresas como contrapartida do aumento do salário mínimo. Ao contrário do que é habitual, o momento não foi assinalado na sede do Conselho Económico e Social (CES), mas as assinaturas foram dvulgadas no Twitter.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.