sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Oposição aponta para responsabilidades do Governo no caso BES

Os grupos parlamentares do PS, PCP e Bloco de Esquerda acusam o Governo de se querer desresponsabilizar pelo colapso do BES, enquanto o PSD considera prematuras as acusações, apelidando-as de "chicana política". O relatório final da comissão parlamentar de inquérito BES/GES estará finalizado a 29 de abril,

Nas primeiras reações após o provável fim das audições na comissão de inquérito ao caso BES/GES, os deputados coordenadores nestes trabalhos dos grupos parlamentares do Partido Socialista (PS), do Partido Comunista Português (PCP) e do BE chamaram a comunicação social para apontar o dedo ao papel desempenhado pelo executivo de Passos Coelho nos meses que antecederam a queda do Banco Espírito Santo (BES).

Já o PSD considerou que as acusações são precipitadas, uma vez que, apesar de provavelmente já não serem feitas novas audições, vão prosseguir os trabalhos, entre a elaboração do relatório com as conclusões da comissão e as reuniões de trabalho da mesma.

O grupo parlamentar do CDS-PP vai fazer a sua conferência de imprensa de balanço da comissão ao início da tarde de hoje.

A comissão de inquérito teve a primeira audição a 17 de novembro do ano passado e a previsível última audição decorreu na quarta-feira com a presença no parlamento da ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque.

O relatório final da comissão parlamentar de inquérito BES/GES estará finalizado a 29 de abril, soube a agência Lusa junto de fonte parlamentar.

A 16 de abril será apresentado o relatório preliminar pelo relator, Pedro Saraiva (PSD), e até dia 23 serão apresentadas as propostas de alteração dos partidos, acrescentou a mesma fonte. 



Com Lusa
  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08