sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Regulador suíço volta hoje a ouvir Salgado sobre o Banque Privée

Ricardo Salgado volta hoje a ser ouvido pelas autoridades suíças, no âmbito da investigação ao Banque Privée Suisse. O antigo banqueiro chegou às instalações da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), em Lisboa, pouco depois das 9:00.

(AP/ Arquivo)

(AP/ Arquivo)

AP/ Francisco Seco

A audição de ontem durou mais de 8 horas e realizou-se também nas instalações da CMVM em Lisboa. Ricardo Salgado saiu pela garagem por volta das 18:30, depois do advogado Francisco Proença de Carvalho.

 

Numa nota enviada às redações, o advogado explica apenas que Salgado foi ouvido na qualidade de ex-administrador e que colaborou voluntariamente com a entidade reguladora da Suíça, no apuramento dos factos relacionados com o Banque Privée Suisse.

 

 


  • Regulador suíço ouviu Ricardo Salgado sobre Banque Privée

    Economia

    Ricardo Salgado foi ouvido hoje durante mais de oito horas pelas autoridades suíças, no âmbito da investigação ao Banque Privée.A audição realizou-se nas instalações da CMVM em Lisboa. O ex-banqueiro saiu pela garagem por volta das seis e meia da tarde, depois do advogado, Francisco Proença de Carvalho. Numa nota enviada às redações, o advogado apenas explica que Salgado colaborou voluntariamente com a entidade reguladora da Suíça no apuramento dos factos relacionados com o Banque Privée Suisse e foi ouvido na qualidade de ex-administrador.

  • Campanha eleitoral em Angola chega hoje ao fim

    Mundo

    Os candidatos às eleições gerais angolanas de quarta-feira terminam hoje um mês de campanha, com milhares de quilómetros percorridos, uma breve aparição de José Eduardo dos Santos e as possíveis coligações em destaque.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08
  • A insólita entrevista de Jerry Lewis que se tornou viral
    2:39

    Cultura

    Jerry Lewis concedeu no início deste ano uma entrevista insólita que se tornou viral nas redes sociais. O comediante decidiu, pura e simplesmente, não colaborar com o entrevistado. Lewis tinha na altura 90 anos e continuava a trabalhar, tendo participado no filme "Max Rose", em 2016.