sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

BES vende sucursal de Miami (EUA) ao grupo venezuelano Benacerraf

O grupo Banco Espírito Santo (BES) anunciou na quinta-feira que vendeu a sucursal em Miami, nos Estados Unidos, ao grupo venezuelano Benacerraf por 8,9 milhões de euros, segundo comunicado enviado à Comissão de Mercados de Valores Mobiliários (CMVM).

O objetivo das audições é permitir aos antigos administradores, entre eles Ricardo Salgado e Morais Pires, que expliquem o grau de responsabilidade que tinham antes da revelação do buraco nas contas do BES, a 30 de julho, e da resolução logo a seguir. (Arquivo)

O objetivo das audições é permitir aos antigos administradores, entre eles Ricardo Salgado e Morais Pires, que expliquem o grau de responsabilidade que tinham antes da revelação do buraco nas contas do BES, a 30 de julho, e da resolução logo a seguir. (Arquivo)

Francisco Seco / AP

No comunicado, o BES refere que "chegou a acordo com um grupo de investidores designado por Grupo Benacerraf para a alienação de 3.188.525 ações da sociedade Espírito Santo Bank", banco sedeado em Miami, Flórida, Estados Unidos.

A conclusão da transação está sujeita a aprovação pelas autoridades reguladoras e deverá ocorrer nos próximos 12 meses.

Com uma carteira de clientes provenientes sobretudo da América Latina e Portugal e cerca de 560 milhões de euros de ativos, a surcursal do BES em Miami foi posta à venda em agosto de 2014, quando o grupo bancário português sofreu uma intervenção por parte do Banco de Portugal.

"A experiência de famílias de banqueiros bem estabelecidos é um excelente catalisador para o nosso crescimento e dedicação aos nossos clientes", afirmou um porta-voz do BES, citado pela imprensa norte-americana.

O grupo Benacerraf, de uma das mais antigas famílias venezuelanas de banqueiros, detém a totalidade do Banco, com sede na Venezuela.

Lusa
  • BES adia apresentação de resultados

    Economia

    O BES adiou a apresentação de resultados. Num comunicado enviado esta quinta-feira à CMVM, a instituição que ficou com os ativos tóxicos depois da resolução diz não ter reunido as condições necessárias para divulgar dentro do prazo as contas de 2014.

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • Mais de 120 pessoas com hepatite A
    2:23

    País

    O surto de hepatite A já infetou 128 pessoas, 60 das quais estão internadas em hospitais de Lisboa e Coimbra. A Direção-Geral da saúde recomenda a vacinação apenas aos familiares dos doentes. Apesar de não haver ruptura de stocks, há farmácias que não têm vacinas.

  • Sobreviventes de Mossul relatam mutilações e execuções do Daesh
    1:32