sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Emigrantes lesados do BES voltam a protestar em Paris

Em Paris, os emigrantes lesados do BES voltam a manifestar-se este sábado, para reclamar o reembolso das suas poupanças e apelar aos portugueses no estrangeiro para que "retirem todo o dinheiro dos bancos portugueses" no dia 1 de outubro.

"Retirem o dinheiro dos bancos portugueses no 1.º de outubro 2015 às 11H00" é uma das "palavras de ordem do protesto", de acordo com o comunicado do Movimento dos Emigrantes Lesados do BES/Novo Banco. (Arquivo)

"Retirem o dinheiro dos bancos portugueses no 1.º de outubro 2015 às 11H00" é uma das "palavras de ordem do protesto", de acordo com o comunicado do Movimento dos Emigrantes Lesados do BES/Novo Banco. (Arquivo)

© Hugo Correia / Reuters

"Retirem o dinheiro dos bancos portugueses no 1.º de outubro 2015 às 11H00" é uma das "palavras de ordem do protesto", de acordo com o comunicado do Movimento dos Emigrantes Lesados do BES/Novo Banco (MEL), enviado à agência Lusa, depois do apelo semelhante publicado, na segunda-feira, no Facebook.

"Para alguns produtos, o Novo Banco fez uma proposta aos emigrantes lesados. A solução consiste na conversão de uma parte do capital inicial em Obrigações Sénior do Novo Banco sem liquidez no mercado e com maturidade entre 2046 e 2051. Inaceitável!", continua o comunicado.

Por outro lado, o documento avança que "os emigrantes lesados podiam aceitar a proposta até 18 de setembro mas muitos lesados não receberam a tempo o documento explicativo e simplificado, exigido pela CMVM ao Novo Banco", concluindo que "este dinheiro que os emigrantes (pedreiros, obreiros, senhoras de limpeza) colocaram no BES foi fruto de muito suor, sacrifícios e privações".

Lusa

  • 2,1%. As reações ao défice de 2016

    Economia

    O défice orçamental ficou mesmo nos 2,1% do PIB. Os partidos já reagiram àquele que é o valor mais baixo em democracia.

  • Comboios Alfa vão ter bancos com tomadas elétricas e wi-fi
    2:06
  • Novas imagens dos momentos após Khalid Masood ter embatido no muro do Parlamento britânico
    1:35
  • Nus e acorrentados em frente a Auschwitz

    Mundo

    Catorze pessoas com idades entre os 20 e os 27 anos despiram-se e acorrentaram-se em frente ao portão de Auschwitz, antigo campo de concetração nazi na Polónia, depois de terem degolado um carneiro. Ninguém sabe ainda porquê.

  • A coleção de gerigonças de Ana Catarina Mendes
    1:51
  • Parlamento português pede demissão de Dijsselbloem

    País

    A Assembleia da República foi hoje unânime na condenação das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, mas recusou um ponto pela rejeição de diversos compromissos com a União Europeia (UE) exigida pelo PCP.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33
  • Viaduto de Alcântara condicionado
    1:36

    País

    O viaduto de Alcântara, em Lisboa, continua com o trânsito condicionado mas apenas sobre o tabuleiro e no sentido Alcântara Terra - Alcântara Mar. A circulação só será reposta depois de uma nova vistoria, ainda sem data marcada.

  • Como se resolve a falta de espaço numa cidade chinesa?
    1:07