sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Constâncio diz que BCE não interferiu na decisão sobre obrigações do Novo Banco

O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Vítor Constâncio, afirmou hoje que a instituição não teve qualquer intervenção na decisão de passar obrigações seniores do Novo Banco para o 'banco mau' BES.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

"Já comunicámos que o BCE não teve qualquer interferência na decisão sobre o Novo Banco", referiu Constâncio, em resposta a uma pergunta na conferência de imprensa realizada após a reunião de hoje do BCE.

Na semana passada, uma fonte oficial do BCE disse à Lusa que a decisão sobre o Novo Banco "foi tomada exclusivamente pelo Banco de Portugal de acordo com os seus poderes de autoridade de resolução nacional".

No passado dia 29 de dezembro, o Banco de Portugal decidiu passar para o BES a responsabilidade pelas obrigações não subordinadas ou seniores destinadas a investidores institucionais que, aquando da resolução de 03 de agosto de 2014, tinham ficado no Novo Banco, decisão que implica perdas para os detentores destas obrigações.

Analistas e intervenientes do setor financeiro têm vindo a dizer que esta decisão do Banco de Portugal poderá agravar o financiamento dos bancos portugueses nos mercados, uma vez que põe em causa a segurança dos investimentos.

No dia 29 de dezembro, quando já se sabia que se preparava uma recapitalização do Novo Banco com recurso aos obrigacionistas mas sem serem conhecidos exatamente os contornos, a Lusa questionou o BCE sobre isso, tendo então o banco central dito que estava a acompanhar a situação.

"Como supervisor, estamos a acompanhar os desenvolvimentos", referiu, na altura, fonte oficial.

Lusa

  • Tribunal de Contas apresentou reservas em relação ao SIRESP em 2006

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O Tribunal de Contas avisou em 2006 que o Estado poderia sair prejudicado nos moldes em que o Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) estava a ser desenhado. De acordo com a edição de hoje do Jornal de Notícias, terão sido a ausência de um concurso público, a falta de tempo para a apresentação de propostas e mexidas no caderno de encargos a motivar as reservas do tribunal.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29
  • Bispo do Mali terá contas na Suíça com 12 M€
    1:49

    Mundo

    Há uma polémica a envolver um novo cardeal da Igreja católica. Um bispo do Mali, escolhido pelo Papa para o colégio cardinalício, está a ser relacionado com contas na Suíça onde estarão depositados milhões de euros. A cerimónia que o fará cardeal está marcada para hoje.

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.