sicnot

Perfil

Global Management Challenge

Empresas tentam captar estudantes do ISEG para o mercado de trabalho

Empresas tentam captar estudantes do ISEG para o mercado de trabalho

No ano passado, 32% dos jovens portugueses estavam sem trabalho. A taxa continua a ser uma das mais elevadas da União Europeia, mas ainda assim, não assusta os alunos do Instituto Superior de Economia e Gestão de Lisboa que, por estes dias, têm empresas a tentar captar recém-licenciados. Já os estudantes do ISEG, não estão muito preocupados com o início da vida ativa e garantem que vão ter uma oportunidade de trabalho quando terminarem os cursos superiores.

  • GMC ajuda jovens a encontrar o primeiro emprego
    1:49

    Global Management Challenge

    A 36ª edição do Global Management Challenge conta com um grande número de estudantes a participar no desafio. Os jovens apostam na competição com esperança de arranjar uma oportunidade de trabalho. A competição junta não só equipas de alunos, mas também clientes e funcionários de empresas, que são desafiados a gerir uma empresa virtual.

  • Equipa Felpos Bom dia vence 36ª edição do Global Management Challenge
    2:21

    Global Management Challenge

    A 36ª edição do Global Management Challenge já tem um vencedor. A equipa Felpos Bom dia foi considerada a melhor equipa de gestão e vai, pela segunda vez consecutiva, representar Portugal a Macau e competir com mais de 30 países. Jorge Gaspar, presidente do IEFP, considera que esta é uma iniciativa que "aproxima os jovens do mercado de trabalho" e que "aplica ferramentas idênticas às que temos no mercado de trabalho real". Nuno Amado, presidente do Millennium BCP, acha que "percebendo o resultado e as consequências das decisões que fazemos é uma boa formação", por sua vez, os fundadores do Global Management Challenge, uniram o discurso. Luís Alves Costa, da SDG, e Francisco Pinto Balsemão, garantem que a competição "é uma oportunidade única para os estudantes aprofundarem os conhecimentos de gestão".

  • Millennium BCP eleito patrocinador do ano da 36ª edição do GMC
    1:34

    Global Management Challenge

    O banco Millennium BCP foi distinguido como patrocinador do ano da 36ª edição do Global Management Challenge. Nuno Amado, presidente do banco, diz estar "muito contente" pela distinção e aponta a capacidade de formação e de inovação da iniciativa. Garante que uma das competências mais importantes é "ver as consequências das decisões que temos de uma forma rápida e num ambiente competitivo" e que "é muito importante ter noção da causa-efeito num ambiente competitivo em setores onde estão outros a competir".

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.