sicnot

Perfil

Global Management Challenge

Empresas tentam captar estudantes do ISEG para o mercado de trabalho

Empresas tentam captar estudantes do ISEG para o mercado de trabalho

No ano passado, 32% dos jovens portugueses estavam sem trabalho. A taxa continua a ser uma das mais elevadas da União Europeia, mas ainda assim, não assusta os alunos do Instituto Superior de Economia e Gestão de Lisboa que, por estes dias, têm empresas a tentar captar recém-licenciados. Já os estudantes do ISEG, não estão muito preocupados com o início da vida ativa e garantem que vão ter uma oportunidade de trabalho quando terminarem os cursos superiores.

  • GMC ajuda jovens a encontrar o primeiro emprego
    1:49

    Global Management Challenge

    A 36ª edição do Global Management Challenge conta com um grande número de estudantes a participar no desafio. Os jovens apostam na competição com esperança de arranjar uma oportunidade de trabalho. A competição junta não só equipas de alunos, mas também clientes e funcionários de empresas, que são desafiados a gerir uma empresa virtual.

  • Equipa Felpos Bom dia vence 36ª edição do Global Management Challenge
    2:21

    Global Management Challenge

    A 36ª edição do Global Management Challenge já tem um vencedor. A equipa Felpos Bom dia foi considerada a melhor equipa de gestão e vai, pela segunda vez consecutiva, representar Portugal a Macau e competir com mais de 30 países. Jorge Gaspar, presidente do IEFP, considera que esta é uma iniciativa que "aproxima os jovens do mercado de trabalho" e que "aplica ferramentas idênticas às que temos no mercado de trabalho real". Nuno Amado, presidente do Millennium BCP, acha que "percebendo o resultado e as consequências das decisões que fazemos é uma boa formação", por sua vez, os fundadores do Global Management Challenge, uniram o discurso. Luís Alves Costa, da SDG, e Francisco Pinto Balsemão, garantem que a competição "é uma oportunidade única para os estudantes aprofundarem os conhecimentos de gestão".

  • Millennium BCP eleito patrocinador do ano da 36ª edição do GMC
    1:34

    Global Management Challenge

    O banco Millennium BCP foi distinguido como patrocinador do ano da 36ª edição do Global Management Challenge. Nuno Amado, presidente do banco, diz estar "muito contente" pela distinção e aponta a capacidade de formação e de inovação da iniciativa. Garante que uma das competências mais importantes é "ver as consequências das decisões que temos de uma forma rápida e num ambiente competitivo" e que "é muito importante ter noção da causa-efeito num ambiente competitivo em setores onde estão outros a competir".

  • "Às vezes o senhor primeiro-ministro irrita-me um bocadinho"
    2:05

    País

    O Presidente da República disse esta quinta-feira de manhã que António Costa é "irritantemente otimista" por teimar em "ver violeta-rosa onde há roxo". Marcelo Rebelo de Sousa recordou ainda Mário Soares numa aula no Colégio Moderno, em Lisboa.

  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Exame ao sangue descobre cancro um ano antes do reaparecimento

    Mundo

    Uma equipa de investigadores britânicos descobriu uma maneira de identificar o regresso do cancro, com um ano de antecedência. Através de um exame ao sangue, a equipa conseguiu identificar os primeiros sinais da doença, uma série de células invisíveis ao raio-X e à TAC. A descoberta pode vir a permitir tratar o cancro mais cedo e, como resultado, poderá aumentar as chances de o curar.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.