sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Presidente do Mecanismo de Estabilidade diz que "ataque" de Atenas a Portugal e Espanha é "inaceitável"

O diretor do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE), Klaus Regling, considerou "inaceitável" a forma como o governo grego "atacou" Portugal e Espanha, admitindo, numa entrevista ao jornal alemão Handelsblatt, que se tem "irritado" com recentes declarações de Atenas.

© Siu Chiu / Reuters

Na entrevista hoje publicada pelo diário económico alemão, ao ser questionado sobre declarações do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, segundo o qual a Grécia não acordou de forma voluntária com o compromisso acordado no último Eurogrupo para o prolongamento da assistência a Atenas, tendo sido alvo de "chantagem", Regling comentou que essa foi "uma de várias declarações recentes" que o "irritaram".

"Entendo perfeitamente que o governo ainda esteja a tentar ajustar-se ao seu novo papel cinco semanas depois das eleições, mas isto não é forma de tratar os outros", comentou o diretor do mecanismo permanente de resgate da zona euro.

Questionado sobre se a sua opinião se aplica também à forma como a Grécia acusou Portugal e Espanha de terem tentado minar um compromisso no Eurogrupo, Regling respondeu que sim.

"O governo em Atenas atacou Espanha e Portugal de uma forma que eu considero inaceitável", declarou, considerando "simplesmente errado" que Tsipras acuse os governos conservadores de Madrid e de Lisboa de terem tentado eliminar o seu partido de esquerda, Syriza.

Segundo Regling, "o que é verdade é que há uma diferença fundamental entre a Grécia e outros países do euro sobre estratégia de política económica".

"A Grécia quer muitas coisas feitas de forma diferente. Mas em Espanha e em Portugal, a combinação de consolidação orçamental e de reformas estruturais tem produzido bons resultados até ver: a economia está a crescer de novo e os défices orçamentais a baixar", disse. 

No passado sábado, numa reunião do comité central do Syriza, Tsipras afirmou que, no Eurogrupo, a Grécia se deparou "com um eixo de poderes, liderado pelos governos de Espanha e de Portugal que, por motivos políticos óbvios, tentou levar a Grécia para o abismo durante todas as negociações", acusação que motivou queixas das autoridades de Madrid e Lisboa em Bruxelas.


Lusa
  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.