sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Ministro das Finanças alemão diz que ainda ninguém entendeu o que a Grécia quer

O ministro das Finanças alemão, Wolfang Schauble, afirmou hoje que ainda ninguém "entendeu o que quer o Governo grego" no âmbito europeu, durante um debate em Berlim. 

© Philippe Wojazer / Reuters

"Até agora, ninguém entendeu o que, em última análise, quer o Governo grego", disse o ministro durante um debate sobre o futuro da Europa, organizado pela Fundação Konrad Adenauer, próxima do partido conservador da chanceler Angela Merkel.

"Quando a Grécia tenta convencer perpetuamente que os (seus) problemas têm raízes fora do país, não diz a verdade ao seu povo", sublinhou o ministro alemão.

Para Wolfang Schaunle, é justamente essa a "tragédia da situação na Grécia".

"É que as elites não dizem a verdade ao seu povo", insistiu o ministro.

Segundo o ministro alemão, o que a Grécia tem vivido deve-se aos "erros das suas elites, e não à Europa, Bruxelas ou Berlim", e quando regressou "lentamente à realidade, doeu".

O ministro das Finanças alemão é uma figura odiada por muitos gregos devido às críticas que faz ao país, principalmente ao novo Governo e ao seu homólogo do novo executivo de Atenas, Yanis Varoufakis.

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, realiza na próxima segunda-feira uma visita a Berlim, a sua primeira deslocação à Alemanha desde que tomou posse, a convite da chanceler alemã, Angela Merkel.







Lusa
  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.