sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Ministros das Finanças da Grécia e da Alemanha reúnem-se hoje antes do Eurogrupo

O ministro das Finanças da Grécia, Yanis Varoufakis, e o ministro da Alemanha, Wolfgang Schäuble, vão reunir-se hoje ao início da tarde em Bruxelas, antes do Eurogrupo que terá a situação grega no foco das atenções. 

O ministro grego das Finanças tem afirmado nos últimos meses que os governos de Espanha e de Portugal têm sido os mais agressivos para com o novo governo grego, eleito no início do ano, que rejeita a 'troika' e defende uma renegociação da dívida grega. (Arquivo)

O ministro grego das Finanças tem afirmado nos últimos meses que os governos de Espanha e de Portugal têm sido os mais agressivos para com o novo governo grego, eleito no início do ano, que rejeita a 'troika' e defende uma renegociação da dívida grega. (Arquivo)

© Eric Vidal / Reuters

A reunião acontecerá à margem do encontro dos ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo), que arranca cerca das 15:00 em Bruxelas (14:00 em Lisboa), e do qual tudo indica que não sairá qualquer acordo que permita o desbloqueamento de dinheiro de que Atenas necessita para fazer face aos seus problemas de liquidez.

Fontes europeias afirmaram que, se a discussão correr bem, o melhor que poderá sair deste encontro será uma declaração positiva sobre o andamento das negociações.

Desde fevereiro que o chamado Grupo de Bruxelas -- que junta a Grécia e as instituições que formavam a 'troika' (Comissão, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) -- estão em discussões sobre reformas a serem adotadas pela Grécia que permitam ultrapassar o impasse e transferir para os cofres gregos a última tranche do atual programa de resgate, cuja parcela ascende a 7,2 mil milhões de euros.

No entanto, para isso acontecer ainda são precisos muitos avanços, sobretudo nas pensões, no mercado laboral e nas privatizações, matérias em que as partes ainda divergem nas negociações técnicas. O acordo final poderá ainda levar semanas.

Além da tranche do resgate, para Atenas também é importante alguma flexibilização por parte do Banco Central Europeu (BCE), através do aumento do teto da linha de emergência em que os bancos gregos se financiam e a não colocação de mais exigências aos colaterais apresentados pelos bancos gregos para irem buscar dinheiro ao banco central.

A Grécia gostaria ainda que o BCE permitisse a subida dos limites à emissão de dívida pública de curto prazo pelo tesouro.

Na reunião do Eurogrupo de hoje à tarde Portugal estará representado pela ministra Maria Luís Albuquerque.



Lusa
  • Eurogrupo não deverá dar aval ao desbloqueio de verbas para a Grécia
    1:20

    Crise na Grécia

    A situação grega volta a estar hoje no centro das atenções do Eurogrupo, a reunião de ministros das finanças da zona euro. Os receios de bancarrota mantêm-se com a Grécia a ter de pagar mais 700 milhões de euros, esta terça-feira, ao FMI. Mas da parte dos credores não há para já sinais de acordo que desbloqueie o dinheiro que resta no programa de resgate.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.