sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Ministro da Economia grego diz que acordo com credores é "a única via"

O ministro da Economia grego, Georges Stathakis, afirmou hoje que chegar a acordo com os credores europeus e do Fundo Monetário Internacional (FMI) é "a única via" para o país.

PANTELIS SAITAS

"A conclusão de um acordo é a única via, não há outra possibilidade", indicou o ministro. "Caso contrário, sobretudo a Grécia, mas também a União Europeia vão entrar em território desconhecido", considerou, em declarações publicadas no jornal Realnews.

Atenas e as instituições credoras (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e FMI) têm dificuldade em chegar a um acordo sobre o financiamento do país, após meses de negociações.

Os credores exigem reformas para que seja desbloqueada a tranche de 7,2 mil milhões de euros do empréstimo concedido em 2012. O Governo grego liderado pelo Syriza (esquerda radical) diz que quer aliviar a austeridade imposta ao país nos últimos anos e tem recusado reformas que impliquem novos cortes.

Apesar das divergências, as duas partes assinalaram avanços nos últimos dias.

"Queremos concluir o acordo para garantir os fundos necessários, que nos permitam cumprir as nossas obrigações tanto no país como no estrangeiro", apontou Georges Stathakis.

O ministro disse também que o país vai "honrar as suas dívidas" e cumprir o pagamento de 300 milhões de euros ao FMI previsto para o próximo dia 05.

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, manteve conversações, por telefone, na quinta-feira com a chanceler alemã, Angela Merkel, e com o presidente francês, François Hollande.


Lusa
  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.