sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Tsipras queixa-se de tratamento diferente dado a Portugal e Irlanda

O primeiro-ministro grego lamentou hoje a "repetida rejeição" de medidas propostas por Atenas aos seus credores com peso equivalente em termos orçamentais, apontando que tal "nunca aconteceu com Irlanda nem Portugal". Alexis Tsipras desabafou no Twitter.

© Paul Hanna / Reuters

Em mensagens divulgadas  na rede social Twitter, horas antes do início de uma reunião decisiva do Eurogrupo sobre a Grécia, Tsipras considera que esta "posição invulgar" de certas instituições "parece indicar que ou não há interesse num acordo, ou que estão a ser protegidos interesses especiais".

"A repetida rejeição de medidas equivalentes por certas instituições nunca aconteceu antes, nem com a Irlanda, nem com Portugal", começou por escrever Tsipras, acrescentando então que essa atitude pode ser interpretada como a falta de vontade em ser alcançado um compromisso.

Já esta manhã, fontes do governo grego revelaram que Alexis Tsipras criticou o FMI, em conversa com os seus colaboradores, por não aceitar algumas das propostas gregas para desbloquear a última tranche do programa de assistência financeira a Atenas.

Tsipras queixou-se "da insistência de certas instituições que não aceitam medidas compensatórias", disse uma fonte. E acrescentou que "esta posição estranha esconde duas possibilidades: ou eles não querem concordar ou servem interesses específicos na Grécia".

As declarações foram proferidas antes de partir para Bruxelas, onde o chefe do Governo grego se reúne hoje com o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, a diretora do Fundo Monetário Internacional, Christine Lagarde, e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

Também esta quarta-feira os ministros das Finanças da zona euro voltam a reunir-se em Bruxelas, para tentar alcançar um acordo que afaste o cenário de uma saída da Grécia da zona euro.

Com Lusa
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33
  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00