sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

FMI reunido para discutir pedido da Grécia de adiamento de reembolso

O FMI está reunido para discutir o pedido da Grécia de adiamento do reembolso de quase 1,6 mil milhões de euros que tinha de ser feito até às 23:00, hora de Lisboa. Entretanto, o vice-primeiro-ministro grego Ioannis Dragasakis anunciou hoje na televisão pública grega ERT que a Grécia pediu ao FMI o adiamento do reembolso de cerca de 1,5 mil milhões de euros que devia ser pago até às 23:00 de hoje.

© Susana Vera / Reuters

"Entregámos um pedido ao Fundo Monetário Internacional (FMI) para que tome a iniciativa de adiar o pagamento para o mês de novembro", disse Dragasakis.

O prazo para o pagamento está fixado nas 22:00 TMG (23:00 em Lisboa) de hoje.

Um adiamento permitiria à Grécia evitar entrar em incumprimento em relação à sua dividia ao FMI, o que agravaria uma situação financeira que já é crítica.

Com este pedido, a Grécia utiliza uma disposição prevista na carta do FMI que permite "a pedido de um Estado membro" e sem votação "adiar" a data de um reembolso com um limite de 3 a 5 anos, que corresponde à duração dos seus empréstimos.

Esta disposição foi utilizada duas vezes na história do FMI, ambas em 1992, pela Nicarágua e pela Guiana, ex-Guiana Britânica.

 

Com Lusa

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.