sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Gregos não cedem a chantagem, diz Ministro da Defesa

O ministro da Defesa grego, Panos Kamenos, afirmou hoje que a confirmar-se a vitória do "não" no referendo de hoje sobre as propostas dos credores "os gregos mostraram que não cedem a chantagem".

© Yannis Behrakis / Reuters

"O povo grego demonstrou que não cede à chantagem, ao terror, às ameaças. A democracia venceu", escreveu Kamenos no Twitter.

Kamenos é o líder do pequeno partido Gregos Independentes que integra a coligação governamental do Syriza de Alexis Tsipras.

As primeiras sondagens divulgadas pelas televisões gregas apontam para uma vitória do "não" no referendo de hoje sobre as medidas de austeridade propostas pelos credores internacionais em troca de ajuda financeira à Grécia.

 

Lusa

  • Marcelo já teve alta após "queda abrupta de tensão"
    2:53
  • Jorge Jesus emocionado à partida para o Al Hilal
    1:26

    Desporto

    O treinador Jorge Jesus está de partida para a Arábia Saudita, onde vai orientar o Al Hilar. Este sábado, no Aeroporto de Lisboa, emocionou-se quando questionado sobre o que mais lhe custa deixar: "a família e os amigos". Mas também se mostrou certo de que em breve voltará a Portugal.

  • México bate Coreia do Sul e está quase apurado

    Mundial 2018 / República da Coreia

    O México derrotou este sábado a Coreia do Sul por 2-1, na 2.ª jornada do grupo F, e ficou perto de garantir a passagem aos oitavos-de-final.

  • Bélgica goleia Tunísia e fica muito perto dos oitavos

    Mundial 2018 / Bélgica

    A Bélgica derrotou este sábado a Tunísia por 5-2, na 2.ª jornada do grupo G, e ficou muito perto de garantir o apuramento para os oitavos-de-final do campeonato do mundo. Veja aqui os golos e os principais lances do encontro.

  • Moutinho continua sem treinar, Raphael Guerreiro recuperou
    1:35
  • Portugal quer atrair imigrantes
    1:28
  • A opinião de Francisco Louçã
    14:51

    Opinião

    No habitual espaço de comentário semanal na Edição da Noite, Francisco Louçã analisou o Serviço Nacional de Saúde, o imposto sobre os combustíveis, a guerra entre professores e Governo e a lei das rendas.