sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Tsipras agradece a Varoufakis o "incansável esforço"

O primeiro-ministro grego agradeceu ao ministro das Finanças demissionário, Yanis Varoufakis, o "incansável esforço" na defesa dos interesses da Grécia nas negociações com os parceiros da UE, disse o porta-voz do executivo, Gavriil Sakelaridis. 

(Arquivo)

(Arquivo)

© Alkis Konstantinidis / Reuter

Varoufakis anunciou a demissão para facilitar um acordo com os credores e, depois da reunião de Alexis Tsipras com os líderes dos partidos políticos gregos, com exceção dos neo-nazis, que está a decorrer agora no palácio presidencial, o governo vai anunciar o sucessor, esclareceu. 

"O primeiro-ministro sente a necessidade de agradecer o incansável esforço (de Varoufakis) para defender a posição e os interesses do governo e do povo grego em condições muito difíceis", sublinhou o porta-voz. 

Sakelaridis reconheceu o "papel de líder" que Varoufakis desempenhou nas negociações com os credores desde que o partido Syriza ganhou as eleições gerais em 25 de janeiro. 

Desde então, Varoufakis tem sido a figura mais controversa no estrangeiro e nas reuniões do Eurogrupo muitos ministros queixavam-se, mais ou menos abertamente, da dificuldade de negociar com o titular das Finanças grego. 

Em abril, Tsipras decidiu reduzir o papel de Varoufakis nas negociações em Bruxelas e deixou de facto o comando das negociações a cargo do vice-ministro das Relações Internacionais Económicas, Euclidis Tsakalotos. 

Em comunicado, Varoufakis explica ter sido informado "da preferência de alguns membros do Eurogrupo e de 'parceiros' associados (...) pela (sua) ausência das reuniões, uma ideia que o primeiro-ministro considerou potencialmente útil na obtenção de um acordo". 

Esta escolha de Tsipras, reforçado com a vitória do "não" com 61,3% dos votos no referendo sobre as propostas dos credores, surge algumas horas após um encontro, em Paris, da chanceler alemã, Angela Merkel, e do presidente francês, François Hollande, numa altura em que a continuação da Grécia na zona euro continua a ser incerta. 

Atenas está convencida de que as negociações sobre as reformas e as medidas orçamentais, debatidas com a UE e o Fundo Monetário Internacional nos últimos cinco meses, podem ser retomadas a partir de hoje. 

 

Lusa

  • Varoufakis anuncia demissão

    Crise na Grécia

    O ministro das Finanças grego anunciou hoje a sua demissão, um dia depois do "não" às condições impostas pelos credores ter ganho no referendo na Grécia. Varoufakis diz que é considerado "indesejável" por alguns no Eurogrupo. O nome do sucessor de Varoufakis deverá ser apresentado esta manhã.

  • Demissão de Varoufakis "é uma meia surpresa"
    5:14

    Economia

    O ministro das Finanças grego anunciou a sua demissão, na manhã seguinte ao referendo da Grécia. O enviado da SIC a Atenas, Anselmo Crespo, diz que a decisão de Varoufakis "é uma meia supresa", uma vez que muitos já esperam que saísse do Executivo, qualquer que fosse o resultado.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.