sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Grécia propõe aumento do IVA e mudanças nas pensões e na Função Pública

As propostas que o Governo grego enviou esta quinta-feira aos credores internacionais incluem um aumento das taxas do IVA e mudanças nas pensões de reforma e no regime da Função Pública.

© Christian Hartmann / Reuters

O governo grego cumpriu o prometido e entregou o plano de reformas para obter o terceiro resgate. A proposta vai ser analisada amanhã pelo Eurogrupo. Esta sexta-feira o pacote de medidas vai ao parlamento grego para ter a aprovação dos deputados. 

A série de reformas e cortes na despesa incluem a reforma do IVA, com aumentos de impostos.  O governo estima que a alteração das taxas do IVA possa render 1.800 milhões de euros por ano. Na restauração, passa para 23%, nos hotéis e nalguns bens de consumo sobe para 13%. 

Outro ponto crítico da proposta são os cortes na despesa do Estado com as pensões, com restrições às reformas antecipadas e um aumento das contribuições dos pensionistas para a saúde.

O governo grego compromete-se a fazer uma reforma da administração pública, com cortes nos suplementos de remuneração e a criação de um quadro de mobilidade, abrindo ainda a porta à saída de funcionários.

O documento prevê ainda uma reforma fiscal e medidas de combate à corrupção.

  • Análise à proposta de reformas do Governo grego
    2:22

    Crise na Grécia

    As propostas que o Governo grego enviou hoje aos seus credores internacionais incluem um aumento das taxas do IVA e mudanças nas pensões de reforma e no regime da Função Pública, avançou a agência AFP citando a página oficial do executivo de Atenas. O objetivo das propostas é o de aumentar as receitas públicas, em troca de nova ajuda financeira a três anos. A análise é de José Gomes Ferreira, SIC.

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC