sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Eurogrupo prepara plano para salvar Chipre em caso de "Grexit"

O Eurogrupo está a preparar um plano para proteger a pequena economia de Chipre no caso de uma saída da Grécia do euro ("Grexit"), noticiou hoje a revista alemã Der Spiegel, citando fontes da chancelaria. 

© Francois Lenoir / Reuters

Para os ministros de Economia e de Finanças da zona euro, Chipre é o país que poderia ser mais afetado por uma saída da Grécia da moeda comum, dadas as estreitas ligações económicas que mantém à Grécia.

Nesse sentido, segundo a revista, um "Grexit" obrigaria a construir uma "barreira financeira" em torno de Chipre e, num caso extremo, ativar os recursos do Mecanismo Europeu de Estabilidade, o novo fundo de resgate permanente da zona euro.

O Ministério das Finanças da Alemanha está por outro lado a estudar como evitar uma repetição na zona euro de um caso como o da Grécia.

Em análise estão nomeadamente alterações às regras da união monetária para incluir um artigo prevendo o procedimento para a expulsão dos membros da zona euro que não cumpram as regras estipuladas.

A Grécia apresentou na quinta-feira um conjunto de propostas para desbloquear um acordo com os credores internacionais e evitar a saída do euro.

As propostas vão ser discutidas no sábado no Eurogrupo e no domingo em cimeira europeia extraordinária.

Lusa

  • Os pontos essenciais do novo plano grego

    Crise na Grécia

    O novo pacote de reformas proposto pela Grécia, que poderá desbloquear um acordo e a evitar a saída do euro, propõe várias medidas para aumentar receitas, sobretudo no IVA e pensões, ao encontro das exigências dos credores. A proposta enviada às instituições europeias e ao Fundo Monetário Internacional tem em vista conseguir um novo programa de resgate, desta vez a três anos. Será agora avaliada pelos credores, que submeterão de seguida a sua avaliação ao Eurogrupo, que por sua vez se reúne no domingo. Eis as principais reformas propostas pelo Governo liderado por Alexis Tsipras: