sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Comissão Europeia propõe financiamento-ponte à Grécia com o fundo dos 28 membros

A Comissão Europeia propôs hoje que a ajuda de emergência à Grécia, o chamado 'financiamento-ponte', seja feito através do fundo no qual participam todos os 28 Estados-membros da União Europeia, o EFSM, anunciou o comissário do euro.

© Francois Lenoir / Reuters

Em conferência de imprensa, Valdis Dombrovskis disse que o executivo comunitário está consciente das reservas levantadas por vários países de fora da zona euro a esta solução, mas indicou que, entre "as poucas opções disponíveis", o recurso ao Mecanismo Europeu de Estabilização Financeira é "a mais realista".

"Como sabem, a economia grega está de novo em recessão, o sistema bancário está à beira do colapso e o Estado grego tem pagamentos em atraso", devendo nos próximos dias efetuar novos pagamentos, o próximo dos quais 3,5 mil milhões de euros ao Banco Central Europeu (BCE), a 20 de julho, sublinhou o vice-presidente da Comissão.

Um 'financiamento-ponte' é assim imperioso, já que o terceiro programa de ajuda, acordado na cimeira da zona euro concluído na passada segunda-feira, só deverá estar operacional dentro de sensivelmente quatro semanas.

Lusa

  • Enfermeiros dizem que suplemento de 150 € não é suficiente para acordo
    0:57

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros diz que há um avanço nas negociações com o Governo. Esta terça-feira à tarde, uma delegação do Ministério das Finanças esteve numa reunião que decorreu no Ministério da Saúde. Apesar disso, o presidente do sindicato, José Azevedo, explicou à SIC que a proposta do executivo de pagar mais 150 euros aos enfermeiros especializados não é suficiente para chegarem a acordo.

  • Guterres condena onda de violência em Myanmar
    0:43
  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC