sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Representantes dos credores chegam a Atenas nos próximos dias

Representantes dos credores da Grécia são esperados em Atenas "nos próximos dias", anunciou hoje a Comissão Europeia, depois de ter sido indicado que a visita começaria hoje.

© Christian Hartmann / Reuters

"As instituições são esperadas nos próximos dias", afirmou uma porta-voz da comissão, sem precisar o calendário da missão.

Na quinta-feira, fonte ministerial grega tinha indicado que a chegada dos credores estava prevista para hoje, mas nem a Comissão Europeia nem o Fundo Monetário Internacional (que integram a 'troika' de credores juntamente com o Banco Central Europeu) confirmaram essa informação.

"A missão está em preparação", indicou fonte próxima das negociações citada pela AFP. "Está a ser discutido o local, dado que é preciso um lugar acessível, perto dos ministérios", disse a fonte.

Uma outra fonte apontou "problemas logísticos" e fonte ministerial grega disse que "estes serão resolvidos rapidamente" sem precisar a sua natureza exata.

O objetivo deste novo ciclo de reuniões é finalizar um acordo, o mais tardar até 20 de agosto, para um terceiro programa de assistência financeira à Grécia, depois de um entendimento nesse sentido a 13 de julho numa cimeira da zona euro.

A Grécia, que enfrenta problemas de liquidez, tem de pagar a 20 de agosto mais de 3 mil milhões de euros ao BCE e 1,5 mil milhões de euros ao FMI em setembro.

Hoje, o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, e o presidente francês, François Hollande, falaram da implementação do que foi acordado a 13 de julho e "os dois reafirmaram a importância de serem respeitados os compromissos que estão no texto", indicou o governo grego.

No imediato, Atenas vai enviar um pedido oficial ao FMI tendo em vista a participação da instituição de Washington no novo resgate, indicou fonte governamental grega.

Lusa

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.