sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Ex-ministro de Tsipras diz que três membros do Syriza o ameaçaram de morte

Yanis Panousis, ministro-adjunto da Proteção dos Cidadãos no primeiro governo de Alexis Tsipras, acusou três membros do Syriza de o ameaçarem de morte e disse que o primeiro-ministro conhece a situação há quatro meses.

greekreporter.com

Panousis, professor de Direito Penal, esteve hoje com o procurador junto do Supremo Tribunal para lhe entregar toda a documentação que demonstrará que dois deputados e um membro do Comité Central do partido governamental Syriza, que diz estarem "ligados a terroristas", o ameaçaram de morte.

Em declarações à imprensa após o encontro com o procurador, Panousis afirmou que nos documentos entregues estão os nomes das pessoas em questão.

Segundo o ex-ministro-adjunto, as ameaças estão relacionadas com a legislação sobre a duração das penas de prisão para os terroristas.

Panousis explicou ao diário Ta Nea que as referidas pessoas o responsabilizaram pelo facto de o governo não ter cumprido uma série de promessas feitas a três terroristas presos quando foi alterada a lei sobre as condições das prisões.

Os serviços secretos têm gravações telefónicas com as pessoas em causa a dizerem "mataremos Panousis", afirmou o ex-governante ao mesmo jornal, adiantando terem sido aqueles serviços que informaram Tsipras sobre a questão.

O caso foi revelado por Panousis no fim de semana numa entrevista ao jornal Proto Thema, após o que o gabinete do primeiro-ministro pediu que apresentasse as provas às autoridades judiciais, considerando tratar-se de um assunto "demasiado sério" para divulgar através dos meios de comunicação social.

Lusa

  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Terra volta a termer no México

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6,2, na escala de Richter, foi registado às 05h30, hora local, 23h30, em Lisboa. Até ao momento não há registo de vítimas ou danos materiais.

  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04

    Mundo

    O Presidente francês volta hoje a ser alvo de manifestações contra a reforma laboral. Os protestos foram organizados por Jean Luc Melenchon, o candidato da extrema-esquerda que concorreu contra Macron.

  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.