sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Eurogrupo aprova desembolso de 1.100 milhões à Grécia

Os ministros das Finanças da zona euro aprovaram esta segunda-feira, no Luxemburgo, o desembolso de 1.100 milhões de euros à Grécia, mas deixando pendente os restantes 1.700 milhões da mesma tranche, à espera de dados referentes a setembro.

Na reunião desta segunda-feira, as instituições da UE deram conta ao Eurogrupo dos progressos realizados pela Grécia na execução dos objetivos acordados na primeira avaliação do programa de ajustamento económico do país, mas, ao contrário do esperado, os ministros não aprovaram o desembolso dos 2,8 mil milhões de euros que restam do total de 10,3 mil milhões de euros concedidos no âmbito da primeira avaliação do programa (7,5 mil milhões deste montante total foram desembolsados em junho de 2016), acordando antes o pagamento de 1.100 milhões.

De acordo com uma declaração do Eurogrupo, Atenas fez progressos significativos durante julho e agosto relativamente à devolução de dívidas que o Estado grego acumulou junto dos seus prestadores de serviços, mas é necessário esperar pelos dados de setembro para confirmar que a Grécia cumpriu com o estipulado, para então ser dada luz verde ao desembolso dos restantes 1.700 milhões de euros, que serão depositados numa conta específica para saldar dívidas estatais, designadamente no setor da saúde.

Lusa

  • Aprovado pacote de 10.300 milhões de euros para Grécia
    2:25

    Economia

    O Eurogrupo aprovou um pacote de 10300 milhões euros para a Grécia no âmbito do terceiro resgate financeiro ao país. Quanto às possíveis sanções a Portugal, sugeridas pelo Presidente do Eurogrupo, o ministro das Finanças diz não estar preocupado. Mário Centeno garante que o assunto não foi abordado na reunião que terminou já de madrugada.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a lider da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleiçoes em vários países, como a Alemanha e a Holanda.