sicnot

Perfil

Guterres na ONU

SIC acompanhou visita de Guterres ao Quénia em 2010

SIC acompanhou visita de Guterres ao Quénia em 2010

Ao longo de 10 anos de mandato como alto comissário para os refugiados, António Guterres fez múltiplas visitas a campos de acolhimento. Em 2010, a SIC testemunhou a forma como Guterres encarava estas situações, ao acompanhar o português numa visita a um campo no norte do Quénia.

  • Os desafios de António Guterres
    2:31

    Guterres na ONU

    A maior crise migratória do pós-guerra e o conflito na Síria são, muito provavelmente, os maiores desafios do mandato de António Guterres à frente das Nações Unidas. O isolamento internacional da Coreia do Norte e do seu programa nuclear também estarão na agenda do próximo secretário Geral da ONU que herda um planeta que poderá estar a caminho da auto-destruição.

  • Escolha de Guterres elogiada por todo o mundo
    3:11

    Guterres na ONU

    A escolha de António Guterres foi saudada de forma unânime em praticamente todo o mundo. Juncker diz estar extremamente satisfeito e Ramos-Horta fala em decisão sábia. Alemanha diz que Guterres é uma excelente escolha e o Reino Unido fala num candidato excecional. Também o Brasil, Angola e Moçambique elogiaram o português.

  • Parlamento aplaude de pé aclamação de Guterres
    1:48

    Guterres na ONU

    O Parlamento português aprovou, por unanimidade, um voto de congratulação pela eleição de António Guterres. Da esquerda à direita, todos os partidos elogiaram as capacidades do antigo primeiro-ministro para dirigir as Nações Unidas. Os deputados aplaudiram de pé a indicação do conselho de segurança da ONU.

  • Meryl Streep mais uma vez candidata a um Óscar

    Óscares 2017

    Aos 67 anos, Meryl Streep soma mais uma nomeação para aqueles que são os prémios mais cobiçados de Hollywood. A atriz foi nomeada pela interpretação em "Florence, Uma Diva Fora de Tom". Esta é vigésima vez que a Academia reconhece o trabalho da atriz, que já levou o Óscar para casa três vezes.

    Miguel Domingos

  • Polanski recusa presidir aos "César" por caso de violação em 1977
    1:55

    Cultura

    Roman Polanski já não vai presidir à cerimónia dos prémios César, o equivalente aos Óscares em França. A decisão de se afastar foi tomada esta terça-feira pelo próprio cineasta, na sequência da polémica em que se viu envolvido assim que foi convidado. Em 1977, Polanski foi acusado de ter violado uma adolescente de 13 anos, na Califórnia, declarando-se culpado. O realizador foi agora pressionado por associações feministas, redes sociais e pela ministra francesa dos direitos das mulheres. O diretor do Festival de Cannes Thierry Fremaux diz que falou com o realizador e acha que não é necessário "adicionar mais problemas ao problema".

  • Marcelo quer fazer mais e melhor no segundo ano de mandato
    0:48
  • "Andem lá com isso!"
    0:42
  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.