sicnot

Perfil

Harry Potter

J.K. Rowling lança e-books sobre o universo de Hogwarts em Setembro

J.K. Rowling vai publicar três contos online a partir de personagens da série Harry Potter. As histórias começam a ser publicadas no próximo dia 6 de setembro, em "Pottermore.com", uma plataforma digital criada pela autora britânica.

Os contos agora anunciados vão falar sobre personagens conhecidas dos filmes e dos livros, que venderam mais de 450 milhões de cópias em todo o mundo.

"Short Stories from Hogwarts of Power, Politics and Pesky Poltergeists" revela mais sobre o lado sombrio do universo de Harry Potter, revelando o passado misterioso de Dolores Umbridge, curiosidades sobre os ministros da Magia e a história da prisão de Azkaban.

"Short Stories from Hogwarts of Heroism, Hardship and Dangerous Hobbies" revela um pouco mais sobre o professora McGonagall, Remus Lupin e Sybill Trelawnwey, personagens míticos do universo Potter.

"Hogwarts: An Incomplete and Unreliable Guide" vai ajudar os leitores a mergulhar numa jornada pela Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts, este volume apresenta os residentes mais famosos da escola e revela os segredos e mistérios do castelo e dos seus terrenos.

Entretanto, em Londres está em cena a peça "Harry Potter and the Cursed Child" e, em novembro, chega aos cinemas o filme "Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los".

  • Protestos e violência no Rio de Janeiro
    1:08
  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36
  • Cogumelos alucinogénios entre as drogas mais seguras

    Mundo

    Os cogumelos alucinogénios são considerados uma das drogas mais seguras, quando consumidos para fins recreativos. A conclusão é avançada no Global Drug Survey, um estudo anual divulgado esta quarta-feira sobre os hábitos de consumo de drogas de quase 120 mil pessoas em 50 países.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.