sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Confrontos junto à casa de Lula da Silva levam à intervenção das autoridades

Confrontos junto à casa de Lula da Silva levam à intervenção das autoridades

Junto à casa do ex-Presidente brasileiro e no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, grupos pró e contra Lula da Silva envolveram-se em confrontos. A polícia militar e a Guarda Civil foram chamadas a intervir e tiveram que fazer uso da força para apaziguar os ânimos.

  • Lula da Silva diz que "não deve nem teme" e lamenta "show mediático"
    0:46

    Crise no Brasil

    Lula da Silva garante que não teme nada da justiça brasileira, porque está inocente. Numa conferência de imprensa, o ex-Ppresidente do Brasil disse que bastava ter sido convocado pelas autoridades que teria ido prestar depoimento sobre a investigação Lava Jato. Lamentou, por isso, o espetáculo mediático em torno da sua detenção para interrogatório.

  • Viagens de Lula para Portugal depois de deixar a presidência estão sob suspeita
    1:53

    Crise no Brasil

    O maior caso de corrupção no Brasil tem ligações a Portugal e já levou as autoridades brasileiras a pedirem informações ao Ministério Público. Lula da Silva é o principal elo de ligação do processo Lava Jato a Portugal. As viagens que fez ao país, depois de deixar a presidência estão sob suspeita, uma vez que terão sido pagas pela construtora brasileira Odebrecht, uma das várias empresas envolvidas no Lava Jato.

  • Dilma inconformada com obrigatoriedade de Lula prestar esclarecimentos
    0:34

    Crise no Brasil

    A Presidente do Brasil já reagiu à detenção de Lula da Silva. Dilma Rousseff mostrou-e inconformada com o facto do ex-Presidente ter sido obrigado a prestar esclarecimentos quando por várias vezes compareceu de forma voluntária para o mesmo efeito. A Presidente brasileira deixou ainda duras críticas a Delcídio do Amaral, o senador detido na operação "Lava Jato", que terá dito que Dilma e Lula tinham conhecimento do esquema de corrupção na Petrobras.

  • Libertado o ex-Presidente egípcio Hosni Mubarak

    Mundo

    O ex-Presidente egípcio foi libertado hoje. Hosni Mubarak esteve detido durante seis anos e estava agora confinado a um hospital militar. O ex-chefe de Estado foi absolvido de responsabilidade na morte de manifestantes durante os protestos da Primavera Árabe.

    Em desenvolvimento

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.