sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Dilma Rousseff cancela discurso ao país

A Presidente do Brasil cancelou o discurso que tencionava fazer hoje em rede nacional, transmitido obrigatoriamente pelas rádios e canais de televisão, disse à Lusa a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto.

© Adriano Machado / Reuters

Segundo os assessores do Governo, o discurso tinha sido planeado pela Secretaria de Comunicação (Secom), mas agora está a ser reavaliado e pode ocorrer no sábado ou apenas na Internet.

No vídeo que já foi gravado, a Presidente reafirma que não existe crime de responsabilidade que justifique a sua destituição.

Dilma Rousseff é acusada de ter violado as leis fiscais do Brasil por executar manobras, denominadas "pedaladas fiscais", para aumentar as receitas do Governo e autorizar despesas sem o consentimento do Congresso.

Hoje à tarde, hora local, o partido político Solidariedade entrou na Justiça com uma providência cautelar para impedir o discurso, alegando que não havia justificação para a iniciativa, que seria usada para fins pessoais e não em benefício do país, alegou ainda aquela formação política.

A providência cautelar não foi ainda analisada pelo juiz que recebeu o pedido.

No domingo, haverá uma votação no plenário da Câmara dos Deputados que decidirá se as acusações contra a chefe de Estado terão andamento.

Caso seja aprovada por 342 deputados, de um total de 513 parlamentares, a denúncia é encaminhada para o Senado.

Para abrir o processo de destituição de Dilma Rousseff no Senado basta uma maioria simples dos 81 parlamentares da Casa, caso contrário é arquivado.

Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57

    País

    Tondela foi um dos municípios mais atingidos pelo incêndio, deixando dezenas de animais feridos e perdidos no concelho. Várias clínicas veterinárias são agora um porto de abrigo e, em alguns casos, um ponto de encontro. Muitos dos animais chegaram recolhidos por voluntários e a maior parte dos casos são animais que, no momento de aflição, foram soltos pelos donos e salvos pelo instituto de sobrevivência.

  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31