sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Operação Lava Jato

Lula da Silva continua impedido de ser ministro

O Supremo Tribunal Federal brasileiro decidiu adiar o julgamento relativo à nomeação do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o cargo de ministro da Casa Civil.

© Paulo Whitaker / Reuters

Não foi definida nova data para análise do caso, pelo que Lula da Silva continua sem poder ocupar o cargo.

Todos os juízes do STF, menos Marco Aurélio de Mello, concordaram em adiar a análise do caso do ex-Presidente, alegando que há outras ações sobre o mesmo assunto pendentes.

Hoje deveriam ser julgados recursos contra ações apresentadas pelos partidos Partido da Social Democracia Brasileira e pelo Partido Popular Socialista, contra a nomeação de Lula da Silva.

Aquelas ações impediram Lula da Silva de permanecer no cargo depois do juiz do STF, Gilmar Mendes, ter suspendido a nomeação, deferindo as alegações dos dois partidos.

Para a acusação, Lula da Silva foi nomeado ministro apenas para escapar das investigações da Operação Lava Jato, que investiga um esquema de corrupção.

A defesa do ex-Presidente tentava revogar a decisão de Gilmar Mendes, mas a deliberação sobre o caso foi adiada.

Lusa

  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
  • Dijsselbloem não comenta hipótese de ser substituído por Mário Centeno
    2:41

    Mundo

    Jeroen Dijsselbloem diz que cabe ao Governo português avançar com o nome de Mário Centeno para a presidência do Eurogrupo, mas não comenta a sondagem que foi feita ao ministro das Finanças português. Ouvido esta quinta-feira no Parlamento Europeu, o Presidente do Eurogrupo esteve no centro das críticas e reafirmou que não se demite.