sicnot

Perfil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Crise no Brasil

Supremo decide se Eduardo Cunha pode assumir a vice-presidência interinamente

O juiz Teori Zavascki disse hoje que o Supremo Tribunal Federal (STF) vai decidir se o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, pode assumir a linha sucessória da Presidência da República, em caso de afastamento de Dilma Rousseff.

Eraldo Peres

Caso o Senado (câmara parlamentar alta) aprove a continuidade do pedido de destituição contra a chefe de Estado brasileira, Michel Temer, atual vice-Presidente, assumirá o cargo de presidente por pelo menos 180 dias e Eduardo Cunha segue-se na linha sucessória, exercendo na prática as atividades de vice-Presidente.

Segundo Teori Zavascki, a possibilidade de Eduardo Cunha exercer estas funções será analisada na mesma sessão em que o tribunal analisará um pedido para afastá-lo do cargo na Câmara dos Deputados, entregue nesta semana pelo Procurador Geral da República, Rodrigo Janot. A data deste julgamento ainda não foi definida.

Alvo de vários processos, Eduardo Cunha também pode perder o mandato por alegadamente ter mentido numa sessão da Câmara dos Deputados, ao negar que possuía contas não declaradas no exterior, quando questionado sobre o assunto numa Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

Documentos enviados pela Justiça suíça comprovaram, porém, que Eduardo Cunha e membros de sua família eram beneficiários de diversas contas secretas mantidas em bancos daquele país.

Eduardo Cunha também é arguido numa ação penal que está no STF, na qual é acusado de receber 5 milhões de dólares, nos esquemas de corrupção na estatal Petrobras.

O seu suposto envolvimento com corrupção tem sido reiteradamente mencionado por Dilma Rousseff e por parlamentares que apoiam o Governo da presidente brasileira, já que Eduardo Cunha foi o principal responsável pela aprovação do andamento do processo contra a Presidente na Câmara dos Deputados.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.